Pular para o conteúdo principal

Ieda Machado Ambrosio e Edson de Paula Neves, usuários do Centro de Referência da Pessoa Idosa de Belo Horizonte.
Foto: Zaíra Magalhães/PBH

Idosos são destaque de Campanha de Natal da PBH

19/12/2017 | 12:21 | atualizado em 20/12/2017 | 14:43

 

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASAC), por meio da Diretoria de Políticas para a Pessoa Idosa (DPEI), está realizando a campanha “Valorize, respeite e cuide da pessoa idosa neste Natal”. O objetivo do projeto é reforçar a importância da humanização, do respeito e cuidado com a pessoa idosa pelas suas famílias e comunidades.

 

A Campanha dá dicas de como incluir o idoso nas preparações e festividades de fim de ano, e vai recolher, entre os dias 11 e 29 de dezembro, doações destinadas aos idosos atendidos pelo Programa Maior Cuidado, que realiza atendimento em domicílio a idosos dependentes e semidependentes, em uma ação conjunta entre a SMASAC e a Secretaria Municipal de Saúde. Informações sobre locais de doação estão disponíveis através dos telefones (31) 3277-4460 e 3277-4383.

 

As formas de valorização da pessoa idosa nas festas são inúmeras. Dentre elas, sugere-se a construção coletiva da decoração da árvore de Natal, além de escolher presentes que produzam alegria e incentivem a autovalorização de quem recebe. É interessante convidar a pessoa idosa a se expressar, seja ao fazer a oração na hora da ceia, recitar uma poesia ou pronunciando algumas palavras; pode-se aproveitar para criar um clima de integração, construindo uma árvore com fotografias da família. Dessa forma, o Natal será um encontro entre gerações, valorizando a pessoa idosa e o seu lugar na família.

 

Além disso, a Campanha destaca alguns cuidados especiais para as ocasiões festivas. Prestar atenção em detalhes é essencial para realizar uma festa segura. Ao planejar um evento, é importante que a pessoa idosa seja referência para as escolhas, seja de alimentação, seja de decoração. O que atende bem a ela, atende a todas as pessoas. Deve-se ter atenção redobrada com a alimentação daqueles que precisam de dietas específicas; embalar presentes em pacotes ou caixas que sejam fáceis de abrir; evitar o excesso de materiais elétricos distribuídos nos ambientes, assim como adornos ou artigos de decoração muito pequenos, pontiagudos e de vidro.

 

Se a pessoa idosa está acamada em hospital, ou em uma instituição, decorar o ambiente e fazer com que haja um clima próprio do ritual de natal pode trazer alegria. Também é necessário evitar expor as pessoas idosas a muitas horas seguidas de barulho e agitação, especialmente se estiverem num quadro de depressão ou demência; evitar surpresas que acarretarão momentos de muita euforia ou intensa emoção, como, por exemplo, trazer neste dia uma pessoa que o idoso não vê há muitos anos, sem avisá-lo.

 

A Diretora da DPEI, Geisa Moreira, destaca que a ideia da campanha é reforçar a humanização da velhice, o respeito, o cuidado e a valorização da pessoa idosa. “A velhice só será contemplada na sua magnitude quando a gente der conta de olhar o nosso próprio envelhecimento; quando estivermos atentos à nossa própria velhice que virá um dia em vez de olharmos, com preconceito e distância, a velhice do outro”, reflete a diretora.

 

 

Itens recebidos na campanha

  • liquidificadores;

  • caixas organizadoras para comprimidos e/ou cápsulas;

  • absorventes geriátricos (embalagens de 20 unidades);

  • fraldas geriátricas em tamanhos G e GG;

  • umidificadores;

  • nebulizadores;

  • conjunto de lençóis e fronhas de solteiro, em algodão;

  • conjunto de toalhas de banho e rosto.

 

Informações sobre locais de doação pelos telefones (31) 3277-4460 e 3277-4383.