Pular para o conteúdo principal

A foto mostra atores em uma apresentação de teatro no Parque Municipal. No canto direito da imagem há uma kombi colorida em alusão a um palhaço.
Foto: Breno Pataro

FIT-BH anuncia programação completa da abertura, no Parque Municipal

06/09/2018 | 19:15 | atualizado em 18/09/2018 | 11:52

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e da Fundação Municipal de Cultura (FMC), e o Instituto Periférico promovem na próxima quinta-feira, dia 13, a noite de abertura da 14ª edição do Festival Internacional de Teatro Palco e Rua de Belo Horizonte.

O evento será realizado, a partir das 19 horas, no Parque Municipal Américo Renné Giannetti. A entrada é gratuita. Mais informações no Site oficial do FIT-BH  e também nas redes sociais do festival: facebook.com/fitbelohorizonte e @fitbh.

Com uma abertura pensada a partir do conceito “Corpos-Dialetos”, proposto para a 14ª edição do FIT-BH, a curadoria de Grace Passô, Luciana Romagnolli e Soraya Martins propõe um olhar sobre as diásporas africanas e a cena nordestina, com uma seleção de trabalhos que espelham o real teatro brasileiro contemporâneo, atravessado por discussões sobre gênero e racismo.

Para Luciana Romagnolli, a proposta da abertura mantém a tradição de impacto para a cidade, mas com uma lógica diferente das outras edições do festival. “Queremos uma abertura feita com as pessoas da cidade. O que entendemos como impacto é a possibilidade de envolvimento e encontro de uma grande quantidade de pessoas, em contato também com suas singularidades. A convocatória às pessoas da cidade, artistas e não artistas, vem com a intenção de atrair grupos sociais que nos compõem como sociedade. E por isso também a opção de uma programação rica em sua pluralidade estética que possa falar para grupos distintos”, explica.

Presidente da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin esclarece que a abertura do FIT-BH sempre foi um momento de celebração da cidade, unindo artistas e público. “O FIT-BH é uma das ações mais importantes da política pública municipal para as artes cênicas, e que coloca em diálogo a produção local, nacional e internacional em um dos maiores festivais do país. O formato de abertura da edição 2018 do FIT-BH avança ainda mais nesse encontro ao apostar na participação do próprio público no protagonismo das atrações”, observa Fabíola.


Sobre o FIT

Desde a sua criação em 1994, o FIT-BH conquistou espaço no calendário cultural de Belo Horizonte. Durante 24 anos e 13 edições, o festival recebeu artistas e companhias de 42 países e ofereceu ao público belo-horizontino 365 espetáculos com linguagens e formatos diferentes, que ocuparam diversos teatros, espaços públicos e alternativos da capital.

Confira a programação completa no  Site oficial do FIT-BH.