Pular para o conteúdo principal

Duas pessoas na foto, ao fundo banner sobre ferramenta que possibilita localização de equipamentos da rede socioassistencial.
Foto: Divulgação

Ferramenta de Servidores da PBH é destaque nacional

07/06/2017 | 16:07 | atualizado em 09/06/2017 | 08:46

Boas ideias merecem ser premiadas.  A ferramenta GEO SUAS, desenvolvida pela Gerência de Informação, Monitoramento e Avaliação (GEIMA), da Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social (SMAAS), selecionada na terceira edição do Prêmio INOVAR em 2015, foi selecionada pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), entre diversas iniciativas, para participar do 10ª Encontro Nacional de Vigilância Socioassistencial que aconteceu em Brasília, de 24 a 26 de maio.
 

O GEO SUAS é resultado de 10 anos de estudos realizados pela GEIMA junto com a equipe de Estudos Territoriais e Geoprocessamento. O reconhecimento do Ministério classificou o programa em 12º lugar entre as 25 iniciativas escolhidas. A ferramenta desenvolvida pela equipe é gratuita e consiste em um mapa interativo que faz uso do Google Maps para reunir informações referentes à localização de equipamentos da rede socioassistencial, como centros de saúde, escolas e Centro de Referência de Assistência Social.
 

Jackson Pires é geógrafo e um dos desenvolvedores do sistema. Para ele, levar o projeto à Brasília foi uma experiência muito significativa. “Embora tenhamos que avançar bastante em relação à vigilância socioassistencial em Belo Horizonte, estamos no caminho certo. Acredito que fica cada vez mais claro o quanto a geografia e as técnicas de geoprocessamento podem contribuir para a assistência social, a exemplo de outras políticas”, explicou o geógrafo.
 

Atualmente a ferramenta está disponível na internet. A ideia da gerência é segmentar a ferramenta em três versões: “Cidadãos”, “Trabalhadores”, “Gestores”, e disponibilizá-la no site da PBH.

 

Acesse o mapa aqui.