Pular para o conteúdo principal

Aterro sanitário da BR 040
Foto: Pedro Antônio de Oliveira

Experiências de BH serão apresentadas no Seminário Nacional de Resíduos sólidos

15/03/2021 | 14:09 | atualizado em 15/03/2021 | 18:42

Experiências e pesquisas sobre resíduos sólidos em Belo Horizonte fazem parte da programação do 14º Seminário Nacional de Resíduos Sólidos, que será realizado no formato on-line, de 16 a 18 de março. O evento, promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), com o apoio institucional da Prefeitura de Belo Horizonte, tem por objetivo avaliar o cenário recente dos resíduos sólidos no Brasil, considerando a política nacional, as alterações do marco legal do saneamento e as diretrizes internacionais para o atingimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

 

Serão abordados temas como gestão e gerenciamento de resíduos sólidos; tecnologias e rotas de tratamento; implantação de aterros sanitários e encerramento de lixões; regulação e financiamento em sistemas de resíduos sólidos; logística reversa; coleta seletiva e participação das associações e cooperativas de catadores. 

 

Na quarta-feira, dia 17, o engenheiro da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), Cícero Antônio Antunes Catapreta, apresentará dois trabalhos técnicos: “Recuperação energética do biogás gerado no Aterro Sanitário de Belo Horizonte” e “Perspectivas de gestão de resíduos orgânicos em Belo Horizonte”.  No mesmo dia, a técnica da SLU, Vanúzia Gonçalves Amaral, apresentará o trabalho “Arqueologia do Lixo de Belo Horizonte: Análise dos resíduos remanescentes no Aterro Sanitário da BR-040 - desaterrando costumes!”. Já a chefe do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização da SLU, Ana Paula da Costa Assunção, será palestrante do tema “Experiências de inclusão de catadores nos sistemas municipais”.  

 

O evento abordará também o panorama internacional dos resíduos sólidos, com a presença de especialistas da Argentina, Colômbia, El Salvador, México, Peru, Uruguai, Equador e Portugal, buscando conhecer e avaliar as experiências no Brasil e em outros países da América Latina e Caribe, quanto ao enfrentamento do impacto da Covid-19, sobre os serviços de coleta e tratamento de resíduos sólidos urbanos. 

 

A abertura do evento terá uma atração especial do Circuito Municipal de Cultura, o espetáculo “EnCanto”, do grupo de dança Primeiro Ato. A apresentação do trabalho mostra a cidade aos participantes através da dança e tem similaridades com o seminário, já que também foi desenvolvido todo de forma digital. Professores, estudantes e artistas da dança uniram-se para a criação através das novas ferramentas, necessárias pelo momento vivido. Durante o seminário também haverá a exibição do vídeo “BH Surpreendente”, realizado pela Belotur. 

 

Fazem parte ainda da programação visitas técnicas virtuais à Central de Tratamento de Resíduos Sólidos da BR-040 e à Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Macaúbas, ambas na sexta-feira, dia 19. Os participantes poderão assistir vídeos sobre as atividades desenvolvidas nesses locais. 

 

Inicialmente previsto para julho de 2020, em Belo Horizonte, o seminário foi transferido para março de 2021, na modalidade on-line, em função das medidas protetivas em relação à pandemia da Covid-19, incorporando algumas inovações. Também fazem parte da programação oficinas e lançamento de livros. Para conhecer a programação completa do seminário e se inscrever no evento, acesse este site