Pular para o conteúdo principal

Vários atores com roupas coloridas, sorrindo.
Foto: Danilo de Castro

Espetáculo infantil reflete sobre o individualismo

31/01/2018 | 08:22 | atualizado em 09/02/2018 | 16:14

O Teatro Marília recebe de 3 de fevereiro a 4 de março, sábados e domingos, às 16h30, (com exceção dos dias 10 e 11 de fevereiro) o espetáculo “Quem Roubou o Branco do Mundo?”, da Aldeia Comunicação e Arte. Com texto de Luciano Luppi e direção de Paulo Lobo, o espetáculo infantil propõe uma reflexão sobre o individualismo e revela que cada um de nós também é responsável pela harmonia das relações humanas.

 

A peça integra a 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, realizada pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc). Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, por R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia) ou antecipadamente nos postos do Sinparc e site Vá ao Teatro por R$13,00 (preço único).

 

“Quem Roubou o Branco do Mundo?” é uma forma lúdica e bem-humorada de mostrar para as crianças o quanto é bom viver em harmonia com as pessoas e qual é a responsabilidade de cada um neste processo. “Cada um deve cuidar da sua luz e da sua energia para contribuir com a evolução da humanidade” explica o escritor Luciano Luppi.

 

A peça foi escrita em 1982 e produzida e dirigida pela primeira vez pelo próprio autor do texto. O espetáculo foi um sucesso de público e crítica e circulou por Minas Gerais por mais de um ano. O texto de Luciano Luppi já foi montado em mais de 15 cidades brasileiras e em Portugal.

 

A atemporalidade do espetáculo é um dos motivos que levou o grupo Aldeia Comunicação e Arte a encenar o texto de Luppi. É o que informa o diretor do espetáculo Paulo Lobo, que diz ter assistido ao espetáculo há 30 anos, mas revela que a obra continua bastante atual. “A desarmonia e violência numa fábrica de tintas na qual elas (as tintas) competem, brigam, desvalorizam-se sem perceber que estão sendo exploradas e perdendo seus direitos, remete-nos muito ao que temos vivido hoje”, afirma o diretor. Lobo ainda completa que o “branco”, que simboliza a paz, só pode reaparecer se o respeito, companheirismo e a valorização reinarem entre as pessoas.

 

44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

 Conhecida como um dos eventos mais tradicionais da cena cultural de Belo Horizonte e como a maior ação de popularização das artes cênicas do País, a 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança acontece em Belo Horizonte de 5 de janeiro a 4 de março. Serão diversas peças teatrais e musicais voltadas ao público adulto e infantil, em vários palcos da cidade, com ingressos vendidos a preços populares. A programação completa está disponível no site do Sinparc

 

Quem Roubou o Branco do Mundo?

Classificação: Livre

De 03/02 a 04/03 | sábados e domingos | às 16h30

(Exceto 10 e 11 de fevereiro)

Teatro Marília - Avenida Prof. Alfredo Balena, 586 – Santa Efigênia

Ingressos: R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia), R$13,00 (Postos do Sinparc e site Vá ao Teatro)

Informações para o público: (31) 3277-6319