Pular para o conteúdo principal

Garota coloca as mãos na cabeça de um menino e de uma mulher.
Foto: Marina Mitre

Espetáculo infantil fala sobre proteção da natureza

29/11/2019 | 15:31 | atualizado em 29/11/2019 | 15:31

O Teatro Francisco Nunes será palco no dia 1º de dezembro, domingo, às 16h e às 17h, o espetáculo infantil “Lágrimas da Floresta”, da Companhia Ananda. A peça fala sobre preservação ambiental e convida o público a perceber a dança sem usar o sentido da visão. Os ingressos podem ser adquiridos por R$20 (inteira) e R$10 (meia), na bilheteria do teatro.

 

Pensado para o público infantil, “Lágrimas da Floresta” é inspirado em contos indígenas e trata da questão da importância da proteção da natureza de maneira poética e sensível. É também uma obra coreográfica, teatral e musical na qual os espectadores não fazem uso de seus olhos. Vendado, o público é convidado a participar de uma missão importante: salvar uma floresta protegida por um pássaro guardião que, ao ver as atrocidades feitas à sua mata, subiu as árvores e secou os rios.

 

 

Cia. Ananda

Companhia de dança contemporânea, franco-brasileira, fundada em 2017 pela dançarina e coreógrafa Anamaria Fernandes e mais 20 artistas. Dá atenção especial ao público que enfrenta dificuldades de acesso a direitos sociais e culturais fundamentais.

 

 

Lágrimas da Floresta |Cia. Ananda

Classificação: livre

1º de dezembro | domingo |às 16h e às 17h

Teatro Francisco Nunes - Av. Afonso Pena, 1277 - Parque Municipal Américo Rennée Giannetti- Centro

 Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia), na bilheteria do teatro

 Informações para o público: (31) 3277-6325


Últimas Notícias

Jovens jogam futebol em quadra Prefeitura inicia projeto de esportes para jovens em conflito com a lei

Os jovens em cumprimento de medidas sócio-educativas terão oportunidade de frequentar, gratuitamente, oficinas esportivas.

13/12/2019 | 17:05
Prédio comercial na rua Caetés Comerciantes comemoram antecipação do décimo terceiro salário pela Prefeitura

A expectativa é que sejam injetados cerca de R$ 105 milhões na economia da capital.

13/12/2019 | 11:35