Pular para o conteúdo principal

Atores dançando no palco; ao fundo, duas pessoas estão sentadas em uma mesa.
Foto: Marco Aurelio

Espetáculo Garrafa Enforcada está em cartaz no Chico Nunes

19/02/2018 | 11:01 | atualizado em 26/02/2018 | 14:15

O Teatro Francisco Nunes recebe de 22 a 25 de fevereiro, quinta a domingo, o espetáculo “Garrafa Enforcada”, produzido por uma das mais premiadas companhias do país: a Cia. Mário Nascimento. A peça faz a simbiose entre a dança contemporânea e a cultura popular. O espetáculo faz parte da 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, realizada pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc). Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, com uma hora de antecedência, por R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia) e R$11,00 (Sinparc – site Vá ao Teatro). A bilheteria não aceita cartões.

 

“Garrafa Enforcada” é uma adaptação livre de “História de Nossos Gestos” (1976), livro de Luís da Câmara Cascudo, em que são investigados os trejeitos e expressões corporais dos brasileiros. Essas particularidades do povo foram transformadas em dança por Mário Nascimento e Rosa Antunã e deram origem ao espetáculo. Profundo, “Garrafa Engarrafada” aborda o gestual típico da população de forma ampla, permitindo ao grupo inúmeras possibilidades de movimento e fluidez. Na montagem, esses gestos são mais que simples características, são uma forma de se comunicar e protestar. A criação da trilha sonora é desenvolvida por Fábio Cardia, que busca sons genuínos e os transforma num diálogo com os corpos em cena.

 

Companhia Mário Nascimento

Criada em São Paulo, em 1998, pelo coreógrafo Mário Nascimento e pelo compositor Fábio Cardia, a Companhia, em seus 19 anos de existência, coleciona diversos prêmios e reconhecimento internacional. A CMN chegou a se apresentar na Alemanha com o espetáculo “Escapada”, que foi o primeiro trabalho da companhia. No ano de 2002, a Mário Nascimento deixou São Paulo e se mudou para Belo Horizonte, e, até 2008, contou com o apoio logístico da Fundação Clóvis Salgado. Hoje, a companhia é dirigida por Mário Nascimento e tem Rosa Antuña como assistente de direção e Fábio Cardia assinando a direção musical.

 

44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

 

Conhecida como um dos eventos mais tradicionais da cena cultural de Belo Horizonte e como a maior ação de popularização das artes cênicas do País, a 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança acontece em Belo Horizonte de 5 de janeiro a 4 de março. Serão diversas peças teatrais e musicais voltadas ao público adulto e infantil, em vários palcos da cidade, com ingressos vendidos a preços populares. A programação completa está disponível no site do Sinparc.

 

“Garrafa Enforcada” | Companhia Mário Nascimento

Classificação: livre

De 22 a 25 de fevereiro | quinta a domingo, às 20h

Teatro Francisco Nunes

Av. Afonso Pena s/nº – Parque Municipal

Ingressos: R$30,00 (inteira); R$15,00 (meia) e R$11,00 (Sinparc – www.vaaoteatromg.com.br)

Informações para o público: (31) 3277-6325