Pular para o conteúdo principal

Fachada da Biblioteca Pública de Minas Gerais
Foto: Divino Advincula/PBH

Escola Municipal Anne Frank realiza exposição

11/09/2017 | 18:10 | atualizado em 11/09/2017 | 18:18

A Escola Municipal Anne Frank realiza, a partir desta segunda, dia 11, uma exposição em comemoração aos 70 anos de publicação do primeiro diário de Anne Frank. A mostra será exibida no Setor Infantojuvenil da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais (Praça da Liberdade, 21). A exposição permanece no espaço até o dia 30 de setembro, das 8h às 18h.
 

Em junho de 1947, foi publicada a primeira edição do diário, escrito em holandês. Para comemorar a data, durante todo o mês, a escola, que já desenvolve projetos e ações que tomam como exemplo a vida e os ideais de Anne Frank, realizou atividades com os alunos sobre o diário e a história da menina judia. A exposição foi montada na biblioteca da escola, atraindo a presença de visitantes e da mídia. A instituição recebeu a visita da ilustradora Mirella Spinelli, que transformou o Diário de Anne Frank em quadrinhos, para uma roda de conversa e sessão de autógrafos. A doutora em Letras, Denise Borelli, especialista na vida de Anne Frank, realizou um curso para os professores da escola.
 

A exposição contém diversos elementos que desafiam o visitante a pensar sobre as semelhanças e as diferenças entre eventos do passado e acontecimentos do mundo atual. Quem for à Biblioteca Pública poderá ver um exemplar raro do diário, que teve uma tiragem de apenas 50 livros. O livro foi doado por Nanette Konig, sobrevivente do Holocausto, colega de classe de Anne Frank e parceira da escola.
 

Além disso, outras publicações do diário, em diferentes idiomas, fazem parte da exposição, bem como biografias de sobreviventes do Holocausto e livros sobre o tema. Fantoches dos principais personagens do diário também enfeitam a mostra. Após percorrer toda a exposição, os visitantes poderão escrever mensagens que serão enviadas para a Anne Frank House, na Holanda.

 

O Diário de Anne Frank

O Diário de Anne Frank relata o Holocausto sob o ponto de vista de uma garota. O livro, ainda hoje, é um best-seller da literatura mundial, embora tenha sido escrito há mais de meio século. Anne e toda a sua história de coragem e sofrimento são reconhecidas em qualquer parte do mundo. Mais de 30 milhões do Diário de Anne Frank já foram vendidos em todo o mundo, traduzidos para mais de 60 idiomas diferentes.

 

Escola Municipal Anne Frank

Fundada no dia 6 novembro de 1991, a Escola Municipal Anne Frank localiza-se no bairro Confisco, região da Pampulha, em Belo Horizonte, em uma área limítrofe com o município de Contagem.