Pular para o conteúdo principal

 Equipamentos culturais municipais recebem programação da 8ª Festa da Francofonia
Foto:Ricardo Laf

Equipamentos culturais municipais recebem programação da 8ª Festa da Francofonia

criado em 15/03/2022 - atualizado em 15/03/2022 | 16:50

Os equipamentos culturais públicos municipais recebem este mês exibições de filmes e apresentação teatral dentro da 8ª Festa da Francofonia, uma parceria da Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Municipal de Cultura com a Aliança Francesa. O Cine Santa Tereza exibe a mostra Ciclo Francofonia - Cinema Africano, de 16 a 31 de março. Já o Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado será palco do espetáculo musical de fantoches E se o Oceano (Et Si L'Océan), com La Fabrique des petites utopies, nesta sexta-feira, dia 18, com sessões às 10h e às 15h, para estudantes na faixa de 11 anos, a partir de agendamentos feito diretamente com as escolas. Os equipamentos culturais funcionam seguindo os protocolos de segurança para o controle da Covid-19. 

Cinema 

A Festa da Francofonia traz ao público três diferentes Ciclos de Cinema com uma seleção especial de longas, curtas, documentários, e animações, ocupando também outros espaços culturais da cidade. O cinema africano ganha destaque na programação do Cine Santa Tereza com exibições de títulos de países como Ruanda, Egito, Nigéria, Camarões, Marrocos, Costa do Marfim, Gana, Burquina Fasso, República Democrática do Congo, Etiópia e Argélia. 

Entre os destaques, filmes como Run (2014), de Philippe Lacôte, Keteke (2017),de Peter Sedufia,  Maki’la (2018), de de Machérie Ekwa Bahango, Félicité (2017), de Alain Gomis, e muito mais. Todos os filmes têm legendagem em português e a programação pode ser consultada neste link. A entrada é gratuita, mediante retirada de ingressos no site www.diskingressos.com.br ou diretamente na bilheteria. 

Teatro 

“E Se o Oceano” é um show sobre a magia dos mares e oceanos. Na narrativa, Adèle, uma criança fantoche, brinca em sua caixa de areia. Ali ela viverá três histórias que prometem encantar o público. A trajetória mostra desde como a vida começou na água até um mergulho para entender porque os humanos precisam dos oceanos. 

Fundada em 2000, La Fabrique des petites utopies é uma empresa itinerante e cosmopolita, inspirada nos teatros nômades da África que Bruno Thircuir (um dos integrantes) descobriu no Benin. Ela se reconecta com uma tradição de roaming que o vigésimo século, com suas duas guerras mundiais e sua economia de mercado, minou. Por meio de seus espetáculos, a companhia busca contar o mundo de hoje de forma político-poética com criações na encruzilhada das artes do teatro, da marionete, do circo e valorizando uma estética de materiais reutilizados. 

Para as duas apresentações no Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado, o grupo irá integrar o português na narrativa para facilitar a compreensão do público, a fim de tornar o show acessível. As duas apresentações previstas na capital mineira são para estudantes, com grupos fechados e agendados diretamente com as escolas. 

Sobre a Festa da Francofonia 

No mês de março, cidades do mundo inteiro se juntam à Organização Internacional de Francofonia para realizar a Festa da Francofonia. Em Belo Horizonte, em uma iniciativa da Aliança Francesa, a 8ª edição conta com uma rica programação gratuita, que inclui mostras de cinema, concertos, teatro, exposições e muito mais.