Pular para o conteúdo principal

Leão deitado em recinto fechado.
Foto: Suziane Fonseca/PBH

Dia Mundial do Leão e Dia Mundial do Elefante são comemorados no Zoológico de BH

09/08/2018 | 18:35 | atualizado em 09/08/2018 | 18:35

A Gerência de Educação Ambiental da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) promove nesta sexta-feira, dia 10, das 9h30 às 11h e das 14h às 15h30, atividades educativas para marcar o Dia Mundial do Leão. No domingo, 12 de agosto, de 10h as 13h, as atividades vão marcar o Dia Mundial do Elefante.
 

As duas espécies africanas fazem parte do plantel do Jardim Zoológico da FPMZB e são muito procuradas pelo público visitante. Atualmente, o Zoo conta com dois leões, Hanna e Lolek, e três elefantes-africanos, as fêmeas Beré e Axé, e o macho Jamba.
 

Com o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre os desafios para a preservação das espécies e contar curiosidades sobre os animais, a FPMZB vai promover um bate-papo com os visitantes nas proximidades dos recintos dos leões e dos elefantes. Durante cada atividade serão apresentados os bichos que vivem no Zoo da FPMZB: uma oportunidade para esclarecimento de dúvidas sobre a procedência dos animais e sobre o manejo deles, quando estão sob cuidados humanos.
 

Além de ser um momento para se alertar para as principais ameaças que essas espécies enfrentam na natureza, o objetivo das atividades é levar as pessoas a refletirem sobre a importância dos zoos na conservação da fauna.

 

Lolek em nova casa

O leão Lolek chegou ao Zoo da capital em janeiro desse ano. O felino vivia no Zoológico de Dortmund, na Alemanha. A chegada do animal a Belo Horizonte é resultado de uma ampla rede de cooperação entre zoológicos do mundo todo, que vêm passando, nos últimos anos, por uma evolução de conceitos e estratégias. Essa mudança de posicionamento das instituições, ou seja, a sua transformação em centros de conservação da fauna, busca reforçar junto à população mundial o fato de os zoológicos terem, primordialmente, a função de preservação de espécies, e não apenas de lazer e exposição dos animais ao público.

 

Lista Vermelha IUCN

Atualmente a espécie aparece na Lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) como “ameaçada de extinção”, na categoria vulnerável. Um estudo divulgado pela instituição em 2008 aponta a população de leões africanos foi reduzida em 30% nas duas últimas décadas antes da publicação desse estudo. As principais ameaças se devem a fatores como: perda de habitat, conflitos humanos, enfermidades provenientes de animais domésticos.
 

As instituições que trabalham com animais de vida silvestre devem atender às disposições de todas as leis e regulações de modo a proporcionar as melhores condições de bem-estar para esses animais.

Últimas Notícias

A imagem mostra cerca de 30 pessoas sentadas em um auditório, com as mão levantadas, em uma votação. Pré-Conferências da Criança e do Adolescente estão com inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para as Pré-Conferências Regionais da Criança e do Adolescente, que acontecem entre os dias 14 e 27/9.

20/08/2018 | 19:18
Idosas sentadas em cadeiras se alongam PBH supera meta de expansão no programa Vida Ativa

Nesta quinta-feira, dia 16, começa a funcionar o núcleo da sede da Ação Social Villaregia (rua Canoas, 461, bairro Betânia).

13/08/2018 | 18:06