Pular para o conteúdo principal

Instrutor jovem ensina aluno de escola municipal. Aluno está sentado e instrutor agachado, ambos em frente a um computador.
Foto: Divulgação PBH

Curso de Programação e Robótica ganha destaque nacional

25/03/2019 | 17:27 | atualizado em 25/03/2019 | 17:30
Com pouco mais de seis meses de vida, o curso de Linguagem de Programação e Robótica oferecido em escolas municipais de Belo Horizonte já começou a ganhar reconhecimento, com a premiação nacional pela Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, do projeto Aprender Fazendo Programação e Robótica, realizado pela Prodabel em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação.

 

O projeto recebeu o prêmio Desafio Aprendizagem Criativa Brasil, 21 de fevereiro, concedido pela Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa. Idealizado a partir do projeto-piloto Hora do Código, o Aprender Fazendo Programação e Robótica é dos sete escolhidos entre 326 trabalhos avaliados em todo o país. O projeto receberá R$12 mil para investimentos, além de cursos de capacitação, nos Estados Unidos, para dois gestores que participam da ação. “É um prêmio muito importante que mostra como Belo Horizonte, mais uma vez, se destaca com projetos de alto impacto e baixo investimento. Isto sim, é transformar o município em uma verdadeira Cidade Inteligente”, afirmou Leandro Garcia, presidente da Prodabel.

 

Para Alberto Cunha, gerente da Assessoria de Tecnologias Educacionais da Secretaria Municipal de Educação, o projeto representa uma afirmação do trabalho colaborativo e da capacidade de realização dos profissionais da Educação, comprometidos com seus ideais. “É produto de estudo, pesquisa e experimentação, articulando o saber da experiência prática à reflexão sobre referências teóricas inovadoras. Seu sucesso, reconhecido pela premiação no Desafio de Aprendizagem Criativa 2019, representa um excelente retorno sobre nossos esforços na articulação e na superação de limites”, avalia.

 

Criado em 2018, o curso de Linguagem de Programação e Robótica caiu no gosto de professores, monitores, alunos e até mesmo dos pais, que participaram ativamente de todo o processo. Ao todo, 19 escolas de vários pontos da capital participaram no ano passado do projeto premiado. Neste ano, a ideia é ampliar o Aprender Fazendo Programação e Robótica tanto em conteúdo quanto em número de estudantes e escolas participantes. As 19 escolas passarão a utilizar o Scratch, um projeto internacional que ajuda os jovens a pensar de forma criativa, sistêmica, cooperativa e a desenvolver o pensamento computacional. Paralelamente, será desenvolvida em algumas escolas a iniciação da Robótica Educacional, desenvolvendo conceitos de eletromecânica e uso de microcontroladores.

 

 

Rede de Aprendizagem Criativa

Rede de Aprendizagem Criativa tem como objetivo apoiar educadores, artistas, pais, pesquisadores, empreendedores, alunos e organizações na implantação de abordagens educacionais mais criativas e interessantes em escolas, universidades, espaços não formais de aprendizagem e residências de todo o Brasil.

 

 

25/03/2019. Hora do Código - Ação conjunta da Prodabel e Educação Municipal de BH recebe prêmio nacional. Fotos: Divulgação/Prodabel

Últimas Notícias

Quadros em forma de caixa com paisagens antigas ao fundo e pessoas recortadas em papel à frente e outras obras artísticas feitas com lixo reciclado em exposição. Superintendência de Limpeza Urbana participa do Encontro Lixo Zero BH
A exposição “A História das Embalagens”, da SLU, será uma das atrações do Encontro Lixo Zero BH - Melhores Práticas, no sábado, dia 24/8.
23/08/2019 | 00:21
Criança pula corda na Savassi, pessoas transitam ao fundo. BH é da Gente oferece ioga, shows musicais e contação de histórias no dia 25/8

Com o intuito de diminuir o estresse do dia a dia, o grupo Yoga no Asfalto vai ministrar uma sessão no coração da Savassi no domingo. 

23/08/2019 | 00:10