Pular para o conteúdo principal

Fotos da fachada da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
Foto: Divulgação PBH

Controladoria lança ferramenta para aperfeiçoar Gestão Pública

14/08/2020 | 16:07 | atualizado em 14/08/2020 | 16:14

A Controladoria-Geral do Município de Belo Horizonte enviou a todos os órgãos da administração pública municipal, nesta sexta-feira, dia 14, o questionário “Diagnóstico da Integridade Pública”.

O questionário deverá ser preenchido por todos os órgãos da Administração Pública Municipal, até 18 de setembro de 2020.

O controlador-geral do Município, Leonardo Ferraz, explica que o diagnóstico tem a finalidade de possibilitar a compreensão do cenário no qual o órgão ou entidade está inserido, além de permitir a identificação de práticas de integridade que já existem na instituição e a proposição de melhorias.

“O questionário visa, em última instância, à ampliação do alcance de resultados e objetivos dos órgãos e ao desenvolvimento de mecanismos mais eficazes para o aprimoramento e fortalecimento dos controles internos, da governança e gestão de riscos, medidas estas que correspondem à visão, missão e valores institucionais da Controladoria-Geral do Município”, afirma Leonardo Ferraz.

O lançamento do “Diagnóstico da Integridade Pública” faz parte do Programa de Fomento à Integridade Pública (PFIP), criado em 2019 para apoiar a implantação de modelos de boas práticas técnicas e gerenciais e fomentar a gestão de riscos e mecanismos de controle interno nos órgãos e entidades da Prefeitura de Belo Horizonte.

O diagnóstico é dividido em seis tópicos: Estrutura de Governança e Comprometimento da Alta Administração; Planejamento Estratégico e Gestão de Risco; Conflito de interesses e nepotismo; Código de Ética e Conduta; Canal de Denúncias; e Políticas de RH: Seleção, formação e capacitação das equipes.