Pular para o conteúdo principal

Nove pessoas, uma delas com violão, em torno de três mesas, fazendo parte do projeto "Feira da Poesia".
Foto: Angelo Andrade

Conheça o projeto Feira de Poesia, no Padre Eustáquio

21/11/2017 | 13:46 | atualizado em 22/11/2017 | 15:25
Construído na antiga Feira Coberta e com uma localização de fácil acesso, o que permite intenso fluxo de pessoas, o Centro Cultural Padre Eustáquio (Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio) é equipado com biblioteca, salas para oficinas de artes plásticas e cênicas, praça de eventos e área livre com um espaço de 1.000 m². O equipamento é  mantido pela PBH, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC) e tem, entre suas atividades de sucesso , o projeto “Feira de Poesia”.

Para a gerente do Centro, Simone Rocha, o projeto dá visibilidade aos novos poetas, além de promover uma interação com autores consagrados. “O objetivo é proporcionar um encontro da poesia e seus escritores, possibilitando a visibilidade do gênero sem restrições. O projeto é aberto a todas as tendências. A ideia é fomentar o trabalho literário de alguns poetas que ainda não alcançaram a grande mídia literária nacional com encontros com poetas já renomados de Belo Horizonte”, afirma.
 
Segundo Simone, os encontros do “Feira de Poesia” acontecem uma vez por mês, sempre na última sexta-feira, a partir das 19h. A dinâmica é simples: os poetas são convidados a apresentarem suas obras, os participantes fazem suas leituras e os poetas discorrem sobre o processo criativo individual. 
 
A gerente ressalta que o projeto abarca não só a literatura, mas também a música, performance e teatro, uma novidade trazida quando a coordenação da Feira passou para a poeta Bilá Bernardes. “Ao longo deste ano, vários poetas foram convidados e a cada mês suas obras eram destaque no nosso mural “Poesia em Destaque”. Tivemos a presença do Rogério Salgado com o livro “AI-5”, Fernando Fonseca com a obra “Imperfeita Harmonia”, Maria da Cruz com “Trovas da Maria”, Irineu Baroni, Galvão.”, relembra. 

A “Feira de Poesia” tem um público bastante eclético, desde crianças a idosos. “O que enriquece a dinâmica do projeto é essa intergeracionalidade, ainda que a predominância seja de adultos. Além do fato de contar com poetas renomados e também aqueles que estão despontando no cenário literário”, ressalta Simone Rocha. 
 
 

Participação

A comunidade participa ativamente da Feira de Poesia, que conta com a presença de moradores vindos de várias cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Antônio Galvão, servidor público da PBH, poeta da geração da década 60, autor dos livros Poesia & Afeto, Poesia & Amor, Prosa, Crônica e Afeto, elogia o evento: “A importância desse projeto é revelar a alegria do amor à poética, e ainda, a possibilidade de fazer novos amigos. É constituir a confraria dos amigos e amigas em torno dos versos.” 

Simone Rocha destaca ainda que o “Feira de Poesia” traz para o cotidiano do Centro Cultural Padre Eustáquio momentos de leveza e partilha. “São sentimentos e reflexões que a poesia, como arte, possibilita aos seus leitores e criadores. O projeto também dá visibilidade aos escritores poetas, trovadores e suas obras, além de ser um encontro interartes com a música e teatro”, conclui.
 
 

Feira da Poesia

Data: Na última sexta-feira de cada mês, a partir das 19h.
Local: Centro Cultural Padre Eustáquio está localizado na Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio, região Noroeste. Telefones: 3277-8394 / 3277-7269. Funcionamento: de terça a sexta, das 8h às 17h; sábados, das 9h às 12h.