Pular para o conteúdo principal

Caminhão de lixo e coleta na rua
Divulgação/PBH

Coleta seletiva porta a porta é expandida para o Santa Efigênia

criado em 01/12/2022 - atualizado em 01/12/2022 | 16:08

Mais um bairro de Belo Horizonte passa a ser beneficiado com a coleta seletiva porta a porta. A partir desta sexta-feira (2), o serviço está disponível para os moradores do Santa Efigênia. Serão 3.319 domicílios contemplados com o serviço, que terá periodicidade semanal, sempre às sextas-feiras, a partir das 8h. A responsável pela coleta dos recicláveis é a Associação dos Recicladores de Belo Horizonte (Associrecicle), um dos seis empreendimentos credenciados pela Prefeitura.

 

O bairro Santa Efigênia é o oitavo a receber a coleta seletiva neste ano, dentro da proposta de ampliação do serviço. Antes dele, a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) já havia implantado o serviço no Funcionários, Coração Eucarístico, Minas Brasil, Estoril, Prado, Sagrada Família e União. Com a inclusão do Santa Efigênia, Belo Horizonte alcança um total de 80.066 domicílios beneficiados com a coleta seletiva porta a porta, em 55 bairros

 

Além da coleta seletiva porta a porta, a cidade conta com outra modalidade de coleta, a ponto a ponto, em que a população separa os recicláveis em sua residência e os deposita em contêineres instalados pela Prefeitura. Todo o material recolhido nas coletas seletivas porta a porta e ponto a ponto é doado pela Prefeitura para as cooperativas e associações. A SLU também providencia estruturas (aluguel, construção, reforma de galpões), para a triagem de recicláveis, e paga despesas como o aluguel.

 

Desde setembro de 2019, a coleta seletiva porta a porta passou a ser feita por seis associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis, credenciadas pela SLU em chamamento público. Elas foram contratadas pela SLU e são remuneradas pela autarquia, que também cedeu seis caminhões compactadores para a atividade. A SLU continua sendo responsável pelo planejamento e fiscalização do serviço. São elas: Asmare (Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável), Associrecicle (Associação dos Recicladores de Belo Horizonte), Coomarp (Cooperativa dos Trabalhadores com materiais Recicláveis da Pampulha Ltda), Coopemar (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis da Região Oeste de BH), Coopesol (Cooperativa Solidária de Trabalhadores e Grupos Produtivos da Região Leste) e Coopersoli (Cooperativa Solidária dos Recicladores e Grupos Produtivos do Barreiro e Região).

 

O cidadão pode se informar sobre o dia e o horário da coleta seletiva em sua rua, no Portal da PBH, no site pbh.gov.br/coletaseletiva.

 

Como participar da coleta seletiva

 

Para participar da coleta seletiva porta-a-porta, o morador deve separar os resíduos (papel, metal, plástico, isopor e vidro), higienizá-los e colocá-los juntos em um saco plástico, de preferência transparente, na calçada, às 8h, no dia definido para o recolhimento em sua rua. O vidro, se possível, deve ser acondicionado separadamente para não se misturar ao papel, metal, plástico e isopor, evitando contaminações de líquidos e outros restos de alimentos. É importante que o vidro esteja protegido para impedir que os garis se envolvam em acidentes.

 

O que pode ser separado para a coleta seletiva

 

Papel: Jornais, revistas, papelão, embalagens longa vida, impressos em geral, cadernos e livros.

Não pode: Papel higiênico, guardanapos, fitas e etiquetas adesivas, fotografias e papéis plastificados.

 

Metal: Latas de alumínio ou de ferro, clipes, papel alumínio e grampos para papel ou para cabelo.

Não pode: Embalagens de marmitex, esponjas de aço, pilhas, baterias e eletroeletrônicos.

 

Plástico: Sacolas, garrafas PET, embalagens em geral, copos descartáveis e canos de PVC.

Não pode: Embalagens de balas e de doces, embalagens de produtos tóxicos.

 

Vidro: Garrafas, embalagens em geral, potes, copos, vidros planos e lisos.

Não pode: Espelhos, cerâmica, tubos de TV ou monitores, vidros temperados, lâmpadas de LED e fluorescentes.

 

Isopor: bandejas de alimentos (limpas), embalagens, peças de isopor em geral.