Pular para o conteúdo principal

Rei, Rainha e Princesa do Carnaval 2020 desfilando em local fechado, à noite.
Foto: Divulgação PBH

Carnaval de Belo Horizonte 2020 já tem Corte Real Momesca

02/12/2019 | 17:35 | atualizado em 03/12/2019 | 18:02

Belo Horizonte já conhece a sua Corte Real Momesca, eleita na noite deste domingo, dia 1º de dezembro, durante festa no Mercado da Lagoinha. O trio formado pelo Rei Wallace Filipe Guedes, Rainha Laís Lima e Princesa Josi Semeão tem agenda intensa de compromissos durante o período carnavalesco da cidade. A premiação para Rei e Rainha é de R$ 12 mil e, para a Princesa eleita, R$ 9 mil.

 

Mais de 1 mil pessoas participaram da festa no Mercado da Lagoinha, que contou com uma programação de alto nível no palco. Passaram por lá os Baluartes do Samba, o grupo Mulheres no Samba, Bloco Caricato Bacharéis do Samba e Acadêmicos de Venda Nova. “Esse é um momento muito importante do nosso Carnaval, quando conhecemos os embaixadores da folia que vão nos acompanhar e abrilhantar a cidade durante o período momesco. Podemos dizer que esse é o primeiro evento oficial do Carnaval 2020, ou seja, o pontapé foi dado e temos muito trabalho pela frente”, explica Marah Costa, diretora de Eventos da Belotur.

 

Wallace Filipe Guedes é estudante de Educação Física, bailarino e modelo fotográfico. “Sei que a responsabilidade é imensa, mas estou realizado. Foram três anos participando desse concurso e agora eu saio daqui com a faixa do meu reinado. É muita emoção”, comenta o novo Rei Momo do Carnaval de Belo Horizonte.

 

Laís Lima é enfermeira, modelo e passista das escolas de samba Cidade Jardim, Acadêmicos de Venda Nova, Imperavi de Ouro e Estrela do Vale. “Eu me esforcei muito para conquistar esse título. A felicidade é imensa em saber que vou representar o Carnaval de Belo Horizonte, um dos melhores do mundo”, diz a Rainha da Corte.

 

Já a Princesa Josi Semeão é formada em administração e também desfila na Acadêmicos de Venda Nova. “Estou vivendo uma mistura de emoções. Vivo do samba e agora cheguei no momento mais feliz da minha carreira”, comenta a Princesa.

 


Premiação

Os candidatos foram julgados por uma comissão formada por sete jurados. Eles avaliaram os seguintes quesitos: comunicação, simpatia e espírito carnavalesco; samba no pé; desembaraço, sociabilidade, facilidade de expressão e elegância. 

 

Vale ressaltar que a premiação para a Corte Momesca, assim como todo o orçamento do Carnaval de Belo Horizonte 2020, é proveniente de investimento privado, captado por meio de Edital de Patrocínio. A proposta vencedora do chamamento para o Carnaval 2019/2020, oferecida pela Do Brasil Projetos e Eventos, foi de R$ 10,5 milhões em verba direta, sendo R$ 4,5 milhões para 2019 e R$ 6 milhões para 2020, além de planilhas de estruturas e serviços no valor de R$ 8 milhões para cada ano, o que gera uma economia significativa nos investimentos por parte da Prefeitura. 


Últimas Notícias

Jovens jogam futebol em quadra Prefeitura inicia projeto de esportes para jovens em conflito com a lei

Os jovens em cumprimento de medidas sócio-educativas terão oportunidade de frequentar, gratuitamente, oficinas esportivas.

13/12/2019 | 17:05
Prédio comercial na rua Caetés Comerciantes comemoram antecipação do décimo terceiro salário pela Prefeitura

A expectativa é que sejam injetados cerca de R$ 105 milhões na economia da capital.

13/12/2019 | 11:35