Pular para o conteúdo principal

Rei, Rainha e Princesa do Carnaval 2020 desfilando em local fechado, à noite.
Foto: Divulgação PBH

Carnaval de Belo Horizonte 2020 já tem Corte Real Momesca

02/12/2019 | 17:35 | atualizado em 03/12/2019 | 18:02

Belo Horizonte já conhece a sua Corte Real Momesca, eleita na noite deste domingo, dia 1º de dezembro, durante festa no Mercado da Lagoinha. O trio formado pelo Rei Wallace Filipe Guedes, Rainha Laís Lima e Princesa Josi Semeão tem agenda intensa de compromissos durante o período carnavalesco da cidade. A premiação para Rei e Rainha é de R$ 12 mil e, para a Princesa eleita, R$ 9 mil.

 

Mais de 1 mil pessoas participaram da festa no Mercado da Lagoinha, que contou com uma programação de alto nível no palco. Passaram por lá os Baluartes do Samba, o grupo Mulheres no Samba, Bloco Caricato Bacharéis do Samba e Acadêmicos de Venda Nova. “Esse é um momento muito importante do nosso Carnaval, quando conhecemos os embaixadores da folia que vão nos acompanhar e abrilhantar a cidade durante o período momesco. Podemos dizer que esse é o primeiro evento oficial do Carnaval 2020, ou seja, o pontapé foi dado e temos muito trabalho pela frente”, explica Marah Costa, diretora de Eventos da Belotur.

 

Wallace Filipe Guedes é estudante de Educação Física, bailarino e modelo fotográfico. “Sei que a responsabilidade é imensa, mas estou realizado. Foram três anos participando desse concurso e agora eu saio daqui com a faixa do meu reinado. É muita emoção”, comenta o novo Rei Momo do Carnaval de Belo Horizonte.

 

Laís Lima é enfermeira, modelo e passista das escolas de samba Cidade Jardim, Acadêmicos de Venda Nova, Imperavi de Ouro e Estrela do Vale. “Eu me esforcei muito para conquistar esse título. A felicidade é imensa em saber que vou representar o Carnaval de Belo Horizonte, um dos melhores do mundo”, diz a Rainha da Corte.

 

Já a Princesa Josi Semeão é formada em administração e também desfila na Acadêmicos de Venda Nova. “Estou vivendo uma mistura de emoções. Vivo do samba e agora cheguei no momento mais feliz da minha carreira”, comenta a Princesa.

 


Premiação

Os candidatos foram julgados por uma comissão formada por sete jurados. Eles avaliaram os seguintes quesitos: comunicação, simpatia e espírito carnavalesco; samba no pé; desembaraço, sociabilidade, facilidade de expressão e elegância. 

 

Vale ressaltar que a premiação para a Corte Momesca, assim como todo o orçamento do Carnaval de Belo Horizonte 2020, é proveniente de investimento privado, captado por meio de Edital de Patrocínio. A proposta vencedora do chamamento para o Carnaval 2019/2020, oferecida pela Do Brasil Projetos e Eventos, foi de R$ 10,5 milhões em verba direta, sendo R$ 4,5 milhões para 2019 e R$ 6 milhões para 2020, além de planilhas de estruturas e serviços no valor de R$ 8 milhões para cada ano, o que gera uma economia significativa nos investimentos por parte da Prefeitura. 


Últimas Notícias

Prefeito Alexandre Kalil com as maõs cruzadas em coletiva de imprensa Prefeitura confirma tarifa dos ônibus congelada pelo menos até o fim do ano

No início deste ano, a Prefeitura já havia conseguido barrar na Justiça o reajuste nas passagens de ônibus.      

20/01/2020 | 19:05
Caçamba na margem da rua, durante o dia. Prefeitura intensifica fiscalização de caçambas em toda a cidade

A Lei 11.212/20 altera o Código de Posturas,determina apreensão do equipamento e aplicação imediata de multa à empresa ou à quem a contratou

17/01/2020 | 12:43