Pular para o conteúdo principal

Cerca de vinte alunos sentados em círculo e um professor de pé, trajando uma blusa do programa Caminhar.
Foto: Vilma Tomaz/PBH

Caminhar na Escola oferece atividades físicas a estudantes da rede municipal

17/05/2018 | 14:56 | atualizado em 13/06/2018 | 17:21
Agora, eu sei que não é legal ficar parado em casa, só usando celular e computador. Essa é uma conduta que nos leva à obesidade.” A frase é de Alexsander Pedro Sacramento dos Santos, de 11 anos, aluno da Escola Municipal Paulo Campos, no bairro Floresta, região Leste de Belo Horizonte. 
 
Alexsander chegou a essa conclusão após participar de aulas da ação Caminhar na Escola, do programa Caminhar, realizado nas instituições municipais pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel).  
 
Com a realização de atividades lúdicas nas escolas, o projeto tem como objetivo sensibilizar os alunos sobre a importância da prática de exercícios físicos para a manutenção da saúde. Seis mil estudantes com idades entre oito e 12 anos foram atendidos no ano passado.  
 
A equipe do programa desenvolve uma temática específica a cada ano. Escolhida com a participação de dirigentes escolares, a temática deste ano é intitulada “Jogos e Brincadeira Tradicionais”.  
 
Essas atividades resgatam e valorizam atividades recreativas de gerações passadas que promovem a interação do lúdico com atividades físicas”, explica João Rafael da Silva Caldeira, um dos coordenadores das ações do programa. Na Escola Municipal Paulo Campos, as aulas do Caminhar vêm esquentando a manhã de outono dos alunos. A cena lembra a realização de uma concorrida gincana escolar. Entre as brincadeiras realizadas, a tradicional corrida de saco, além de outras. 
 
Marcos Henrique Batista Rabelo, de 12 anos, morador do bairro Colégio Batista, deu nota 10 para a aula. “Normalmente, aqui na escola temos a prática do vôlei e futsal e, hoje, participamos de várias atividades superinteressantes.” 
 
Sérgio Eduardo Bandeira de Melo, da equipe de coordenação de turmas da Escola Municipal Paulo Campos, ressalta a importância da prática de atividades físicas na escola sem a utilização da bola. “Além dos alunos, os professores também estão interessados em participar das ações do Caminhar”, observa ele. 
 
As aulas do Caminhar na Escola ocorrem uma vez por semana, no horário das 7h às 9h, em uma escola municipal, contemplando alunos de duas turmas. Na programação deste mês, constam atividades na Escola Municipal Vila Pinho, no Barreiro, no dia 24, e na Escola Municipal Anne Frank, na Pampulha, no dia 30.
 

Acompanhamento contínuo

Outra ação do programa Caminhar é a “Caminhar nas Pistas”, que oferece acompanhamento e orientação individual ao cidadão sobre a melhor maneira de praticar atividade física.  
 
A equipe do Caminhar nas Pistas atua em nove pistas de caminhada de Belo Horizonte, uma em cada regional, com realizações de avaliações físicas periódicas, com o objetivo de oferecer ao caminhante um acompanhamento individualizado e contínuo. 
 
Durante o atendimento, o participante recebe informações sobre seu peso, Índice de Massa Corporal (IMC), pressão arterial, circunferências, composição corporal e condicionamento cardiorrespiratório. A ação contempla, anualmente, cerca de 9.500 jovens, adultos e idosos.

 

17/05/2018. Caminhar nas Escolas-Atividade com Estudantes. Fotos: Vilma Tomaz/PBH