Pular para o conteúdo principal

Instrutor ensina aluno em curso de informática no projeto “A Hora do Código”
Foto: Divulgação PBH

BH em Pauta: A hora do código

criado em 01/06/2017 - atualizado em 06/06/2017 | 10:20

Desenvolvido pela Code.org, uma organização sem fins lucrativos, o projeto “A Hora do Código” tem como proposta expandir o ensino de ciência da computação para crianças a adolescentes em escolas de todo o mundo. A estratégia é apresentar o tema de maneira mais lúdica e divertida, utilizando jogos e outras ferramentas para despertar a atenção do público em questão.

 

    O projeto tem se destacado internacionalmente e ganhou o apoio de mais de 400 milhões de pessoas em todo o planeta, entre elas diversas celebridades, como o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o jogador de futebol Neymar.

 

Em Belo Horizonte, a Prefeitura desenvolve o programa no Centro de Qualificação em Tecnologia da Informação da Prodabel (CQTI), no bairro Ipiranga, região Nordeste da cidade.

 

    A primeira turma é composta por 30 alunos da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, que fica ao lado do CQTI, no bairro Ipiranga. As aulas são ministradas uma vez por semana e a previsão é de que os estudantes concluam o curso no início do próximo semestre.

 

Para o coordenador do projeto, Thiago Ferreira da Silva, o principal objetivo é despertar o desejo e o raciocínio lógico nos jovens. “Eles aprendem rápido e demonstram muito interesse. Com certeza o conhecimento adquirido será levado para a vida inteira”, afirmou.

 

    O coordenador ressalta que os próprios professores aproveitam para aprender sobre a programação no dia a dia e que as conversas para a criação de novas turmas já começaram. “Deu muito certo e queremos expandir”.

 

Já o aluno Marcelo Luiz de Souza, de 13 anos, um dos destaques da primeira turma, agradece pela oportunidade. “Sempre gostei mais de tecnologia do que futebol. Eu não imagino mais a minha vida longe de um computador. Eu não conhecia de programação, mas gostei e quero aprender tudo. Um dia vou trabalhar com isto”.

 

    O presidente da Prodabel, Leandro Garcia, faz questão de destacar a própria experiência de vida. “Aprender a programar é também uma forma de organizar os pensamentos de maneira estruturada. Isto aconteceu comigo quando eu era mais jovem. Vontade, esforço e dedicação: esta é a combinação perfeita para o sucesso”, disse.

 

 

Mercado

    O desempenho do setor de tecnologia chama a atenção, com resultados que vão na contramão do cenário de desemprego no país. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, mais de 1,3 milhão de profissionais estão empregados no Brasil atualmente. O detalhe é que há, ainda, milhares de postos esperando por pessoas qualificadas. E uma das estratégias do projeto “Hora do Código” é justamente a de despertar o interesse e investir na capacitação dos mais jovens.

 

Centro de Qualificação em Tecnologia da Informação

    O Centro de Qualificação em Tecnologia da Informação possui computadores com acesso à internet, cujo objetivo é promover a inclusão digital e social por meio da oferta gratuita de cursos e oficinas na área de Tecnologia da Informação e Comunicação. Atualmente, são realizados cursos de Informática Básica, Montagem e Manutenção de Computadores e Redes, além de oficinas de Robótica e Programação.

 

O CTQI integra a Unidade Ipiranga da Prodabel e funciona na Rua José Clemente Pereira, 440, bairro Ipiranga, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.