Pular para o conteúdo principal

MUlher sorri à frente de estante com livros.
Foto: Divulgação PBH

BH em Pauta: Consultas com leitura

20/09/2017 | 17:38 | atualizado em 22/09/2017 | 09:17

Esperar pela hora da consulta com o médico no Centro de Saúde Vera Cruz é uma oportunidade para conhecer novos mundos ao virar cada página de um livro. Desde maio foi criada na unidade uma biblioteca que oferece aos usuários contato com a literatura, o que tantos não têm a oportunidade de vivenciar rotineiramente. Para as crianças, além dos livros, também foi criado um espaço com mesinha, cadeiras, lápis de cor e papel.

“Tanto a biblioteca quanto o cantinho das crianças surgiram do desejo de incentivar as pessoas a aproveitarem as atividades diárias da unidade, estimulando o convívio e o contato com os livros, enquanto aguardam a consulta”, comenta a gerente da unidade Regina Souza, que pretende incentivar outros centros de saúde a fazerem o mesmo: “Começamos com doações de livros da pediatra Renata Rolim, que atende na unidade. Com a ajuda da assistente social Maria Rita Rosenberg, organizamos, conversamos com a população e, de repente, foram chegando mais doações. Arrumamos uma estante para colocar os livros e temos agora um bom volume.”

A biblioteca é gerida pela unidade. Tem um acervo com cerca de 200 livros de diversos estilos literários, contando com literatura para adultos, infanto-juvenil e infantil, além de enciclopédias que vão da Disney à Stendhal. O empréstimo é regulado pelos próprios funcionários e usuários, que registram a retirada e a devolução das obras. As pessoas podem ler os livros na própria unidade de saúde, trocar por um outro livro, levar para casa devolvendo posteriormente ou até mesmo não devolvendo – o acesso é livre. Não há um controle rigoroso, já que a gerente entende que faz parte da natureza do livro, muitas vezes, seguir sua jornada.

Regina explica que é necessário que o livro circule, que passe por diferentes mãos, que seja interpretado por diferentes pessoas. “O livro deve caminhar. O livro lido na estante é um livro lido na estante. Eu tenho mania de ler um livro mais vezes, mas chega uma hora que esse livro pode ir para frente, para outros. Então, acho que é preciso fazer esse movimento.”

A mesinha das crianças fica na área de espera, onde os pais podem manter os filhos dentro de seu campo de visão. As crianças podem ler, divertir-se e colorir. A pediatria também conta com muitos brinquedos e uma decoração divertida e adequada à criatividade infantil.

A proposta é fazer uma espécie de galeria, cobrindo as paredes com cartões de quadros feitos por artistas que pintam utilizando a boca e os pés. A filha da gerente Regina pintou telas de preto e colou cartões postais desses pintores, criando obras interativas em que as pessoas podem admirar as pinturas e, ao abrir os cartões, encontrar mensagens incentivando atitudes positivas.

O Centro de Saúde Vera Cruz recebe doações de livros, quadrinhos ou cadernos de desenho. Quem tiver interesse pode levar até a unidade, que fica na rua General Osório, 585, quase esquina com rua Arcos, no bairro Vera Cruz. Ou, então, basta ligar no telefone 3277-5606.
 


20/09/2017. CS Vera Cruz. Fotos: Divulgação/PBH