Pular para o conteúdo principal

BH discute políticas públicas ambientais durante Encontro Nacional do Fórum CB27
Foto: Divulgacao CB27

BH discute políticas públicas ambientais durante Encontro Nacional do Fórum CB27

criado em 19/10/2022 - atualizado em 20/10/2022 | 14:12

A Prefeitura de Belo Horizonte participou do XXVI Encontro Nacional do Fórum CB27 - agenda que reúne, semestralmente, os secretários de Meio Ambiente de todas as capitais brasileiras e Distrito Federal -, para traçar estratégias que permitam conciliar crescimento econômico, preservação e conservação ambiental. Além disso, foram discutidas ações de enfrentamento às mudanças climáticas e a inclusão social na agenda ambiental das grandes cidades.

 

O evento, que acontece na cidade do Rio de Janeiro, tem três dias de duração, terminou nesta quarta-feira (19). Ele é realizado em intersecção ao 8º Fórum Global do Pacto de Milão - “Comida para Alimentar a Justiça Climática”, que reúne mais de 500 representantes de 162 cidades do mundo, como Paris, Copenhagen, Chicago e Washington.

 

Entre os temas debatidos no fórum estão o desperdício de alimentos, resiliência e justiça climática nas cidades, alimentação escolar fomentando a diversidade local e sustentável, alfabetização alimentar como forma de resgate histórico e cultural, políticas alimentares pós-pandemia e agricultura urbana, com intercâmbio de experiências.

 

O cruzamento das agendas ocorre porque o Pacto de Milão, além de um compromisso internacional, é uma ferramenta de grande valia para o planejamento de políticas públicas a nível local. Ele é formado por uma estrutura de 37 recomendações, reunidas em seis categorias: governança; dietas nutritivas e saudáveis; equidade social e econômica; produção de alimentos; fornecimento e distribuição de alimentos; e, desperdício de alimentos. Neste sentido, as cidades precisam debater fatores determinantes do contexto ambiental para este panorama, como as mudanças climáticas, as emissões de combustíveis fósseis e as medidas de sustentabilidade adotadas em espaço urbano.

 

Representada pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck, Belo Horizonte apresentou suas políticas públicas de defesa do meio ambiente e fomento à sustentabilidade por meio dos laboratórios e trocas de experiências com as demais gestões. O debate permitiu mapear e conceituar estratégias dos municípios e seus órgãos para a preservação e combate aos prejuízos ambientais.

 

De acordo com o secretário, encontros como esse são fundamentais para a construção de políticas públicas que resguardem o meio ambiente: “O Fórum CB27 é resultado de uma necessidade de as secretarias de meio ambiente construírem, de forma multilateral, políticas públicas que solucionem os problemas ambientais causados pelo desenvolvimento humano. Os grandes complexos urbanos são responsáveis por inúmeras problemáticas tangentes ao meio ambiente, e esse encontro vem para reforçar o compromisso de que uma cidade inteligente é aquela capaz de promover um desenvolvimento que não implique na deterioração dos nossos ecossistemas", afirma.

 

O CB27 foi fundado durante a Conferência das Nações Unidas pelo Desenvolvimento Sustentável no ano de 2012 (Rio+20). Com o apoio da Fundação Konrad Adenauer em parceria com a Associação Mundial de Governos Locais e Subnacionais dedicados ao desenvolvimento sustentável (ICLEI) América do Sul, ele fomenta importantes debates sobre políticas públicas e suas aplicações no contexto de cada cidade do Brasil.

 

Para além das trocas de experiências e apoio mútuo entre as secretarias das capitais brasileiras, o CB27 permite o diálogo com o governo federal, por meio da participação em órgãos de governança federais e estaduais, como por exemplo a Comissão Tripartite Nacional de Meio Ambiente.