Pular para o conteúdo principal

Mulher faz tecelagem com linhas coloridas em tear.
Foto: Sabrina Damas e Gustavo Pires/PBH

A arte milenar da tecelagem em oficina no Centro Cultural Venda Nova

26/04/2018 | 16:03 | atualizado em 13/06/2018 | 17:04
Os 17 centros culturais distribuídos entre as nove regionais de Belo Horizonte têm um papel fundamental na promoção, formação, valorização, difusão e fortalecimento da cultura local em suas comunidades. Em cada um deles, ações e atividades das mais diferentes linguagens artísticas compõem uma programação intensa e gratuita. Como a oficina A Arte de Tecer, que acontece em Venda Nova.


A oficina A Arte de Tecer é uma das atividades ofertadas pelo Centro Cultural Venda Nova (CCVN). Ela propõe uma imersão no universo da tecelagem e do trançado brasileiro, a partir do tear de alto-liço e de algumas técnicas de trançado, dialogando com o artesanato e as artes visuais.


O projeto, desenvolvido pela arte educadora Sabrina Damas, começou em outubro de 2011. A oficina voltada para a tecelagem se deu, inicialmente, pela possibilidade de se trabalhar com materiais alternativos, como caixas de leite, barbantes, retalhos de malha, linhas, lãs, etc. A partir daí a atividade foi sendo desenvolvida.


A oficina A Arte de Tecer ensina técnicas da tecelagem e trançado para que os alunos possam, além das criações artísticas, investir na confecção de peças utilitárias, com possibilidade de uma renda extra.


Ela é voltada para o público jovem e adulto, mas já contou com a participação de crianças acima de 10 anos. A atividade está agora em sua 9ª edição e, durante essa trajetória, alcançou um público de 437 pessoas.

 



Adesão

A oficina A Arte de Tecer conta com adesão efetiva da comunidade. Rosimary de Andrade, 54 anos, do lar, moradora do Mantiqueira, é uma das participantes do projeto. "Estou gostando muito, pois tenho aprendido novas técnicas, conhecido pessoas diferentes. O espaço e o ambiente são muito agradáveis".


Valesca Matos, 47 anos, do lar, moradora do Santa Branca, conta como descobriu a atividade. "Estou gostando da aula de tecelagem, eu não conhecia a oficina. Levei meu filho para fazer teatro e acabei indo conhecer. É uma aula que a gente alivia o estresse, esquece de tudo, muito gostosa de fazer”.


Suely Mendes, 66 anos, moradora de Venda Nova, não esconde seu entusiasmo pela atividade. "É muito bom! Não falto uma aula. Amo demais as minhas aulas de tecelagem”. Outra participante que faz coro em entusiasmo com a atração é Emiliane Silva, 26 anos, artesã, moradora do Jardim dos Comerciários. “Oficina excelente. Aprendi técnicas, os tipos de teares, vários tipos de pontos, enfim, uma aprendizagem ampla”. 


  

Centro Cultural Venda Nova

A coordenadora do Centro Cultural Venda Nova, Aline Tavares, destaca a importância da oficina A Arte de Tecer. "A oficina de tecelagem traz este ofício milenar para o cotidiano da comunidade. As pessoas têm a opção de construir seu próprio tear de alto-liço, e, com independência, fazer peças diversas a partir dos pontos ensinados na oficina”.


A coordenadora do CCVN ressalta a amplitude da atividade. “A oficina alia cultura e geração de renda e isso é muito importante para o desenvolvimento social local”, finaliza. 
  


Centro Cultural Venda Nova

Rua José Ferreira Santos, 184, Novo Letícia. 
Telefones.: (31) 3277-5533 e 3277-9504 - E-mail: ccvn.fmc@pbh.gov.br. 
Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 21h; sábados, das 9h às 16h
Ônibus: 634, 635