Pular para o conteúdo principal

Técnica de saúde separa preservativos e material informativo contra a Aids, foto ilustrativa.
Foto: Divulgação PBH

Ações de luta contra a Aids integram aniversário da cidade

29/11/2017 | 19:30 | atualizado em 01/12/2017 | 15:43
No Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado na sexta, dia 1º de dezembro, a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) vai trabalhar em várias frentes para conscientizar a população da cidade. Serão oferecidos testes rápidos contra o HIV, oficinas sobre sexo seguro, entre outros serviços. 

O uso do preservativo é, ainda, a maneira mais segura de evitar a transmissão sexual do HIV; por isso, serão distribuídos nos eventos e estão disponíveis em todos os centros de saúde da capital. 

Além das ações voltadas ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, começam na sexta-feira, dentro das comemorações dos 120 anos de BH, os mutirões em parceria com hospitais para realização de exames e procedimentos de prevenção da gravidez.
 


Atividades

  - Das 9h às 16h – Luta contra a Aids
Evento aberto ao público
Local: Parque Municipal Américo Renneé Giannetti (Av. Afonso Pena, 1.377 - Centro)
A Secretaria Municipal de Saúde realiza diversas atividades: foram disponibilizadas oito tendas para realização de testes rápidos para HIV; oficinas de sexo seguro e redução de danos com Labirinto das Sensações (local em que as pessoas recebem informações sobre o uso da camisinha de forma divertida), além de distribuição de material informativo e preservativos. Haverá testes contra o HIV com utilização de saliva.  

 - Das 13h às 17h – II Seminário de prevenção combinada e lançamento da Profilaxia pré-exposição sexual ao HIV (PrEP) 
Evento voltado para profissionais da saúde e movimentos sociais (ONG’s que atuam na luta contra Aids)
Local: Auditório da PBH  (Av. Afonso Pena, 1.212, Centro).
 

- Das 19h às 22h – Blitz da Prevenção
Evento voltado ao público em geral
Local: bares e boates da região Centro-Sul
Serão distribuídos preservativos e material informativo para a luta contra a Aids.
 


Exames e atendimento

Os exames para diagnóstico do HIV, das hepatites virais e da sífilis estão disponíveis nos 152 centros de saúde, no Centro de Testagem Sagrada Família (rua Joaquim Felício, 141) e no Centro de Testagem Centro-Sul (rua Carijós, 528, 5º andar). 

A capital conta ainda com cinco serviços especializados em infectologia para atendimento de pessoas vivendo com HIV (CRT-Orestes Diniz, CTA/SAE-Sagrada Família, URS-Centro-sul, H. Eduardo de Menezes e UNIFENAS).



Mutirões e exames

A SMSA, por meio do Hospital Metropolitano Odilon Behrens, e em parceria com Hospital Sofia Feldman, promove mutirões para realização de exames e procedimentos de prevenção à gravidez (inserção de DIU e cirurgia de vasectomia). 

O mutirão do Odilon Behrens será realizado no Núcleo de Cirurgia Ambulatorial e Hospital Dia (rua Joaquim Felício, 111, Sagrada Família), nos dias 1, 2 e 9 de dezembro. Serão realizadas endoscopias digestivas, colonoscopias e fibronasoscopias. Os pacientes serão encaminhados via central de marcação da SMSA e também via controle interno do Núcleo de Cirurgia Ambulatorial. No total, serão realizados 120 exames. 

Já no Hospital Sofia Feldman (Rua Antônio Bandeira, 1060 - bairroTupi),  o mutirão será realizado do dia 1 ao dia 15 de dezembro. Serão 60 procedimentos de inserção de DIU e 60 cirurgias de vasectomias. Os pacientes serão encaminhados via centros de saúde.