Pular para o conteúdo principal

Feira da Afonso Pena

atualizado em 18/03/2020 | 16:22

Orientações sobre a suspensão da Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte


- Considerando a atual situação epidemiológica da pandemia do novo coronavírus, cuja manifestação clínica é chamada de COVID-2019;
- Considerando a atual situação epidemiológica do município de Belo Horizonte;
- Considerando o Decreto Nº 17.298, de 17 de março de 2020, artigo 4º;

 

A Prefeitura de Belo Horizonte informa aos feirantes e à população de Belo Horizonte que estão suspensas, a partir de hoje, as atividades referentes à “Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte”, também conhecida popularmente como “Feira Hippie” ou “Feira da Afonso Pena”.

Essa suspensão extraordinária permanece válida até novo comunicado oficial da Prefeitura de Belo Horizonte, conforme monitoramento do quadro epidemiológico da cidade.

Ressaltamos que essa é uma importante medida de saúde pública, necessária para a prevenção e o controle do contágio, que integra um conjunto de esforços da cidade de Belo Horizonte para contenção da epidemia, prezando pela segurança e saúde de todos os trabalhadores e visitantes da Feira.


Belo Horizonte, 18 de março de 2020

 

 

Idealizada por um grupo de artistas mineiros e críticos de arte, esta feira surgiu na Praça da Liberdade em 1969. Artistas plás­ti­cos e arte­sãos de diver­sas espe­ci­a­li­da­des ali se reu­niam, expu­nham e ven­diam os seus tra­ba­lhos. Em 1973, foi reco­nhe­cida e ofi­ci­a­li­zada pela Prefeitura de Belo Horizonte.
 
Em 1991, a Feira Hippie - nome cari­nho­sa­mente dado pela popu­la­ção e pelos visi­tan­tes àquela feira de arte­sa­nato que acon­te­cia na Praça da Liberdade - e outras fei­ras de arte­sa­nato espa­lha­das pela cidade foram reu­ni­das e trans­fe­ri­das para a Avenida Afonso Pena, no cen­tro de Belo Horizonte, dando ori­gem à maior feira de arte­sa­nato a céu aberto da América Latina.
 
A nova feira, cri­ada ofi­ci­al­mente com o nome de Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades da Avenida Afonso Pena, her­dou da antiga feira da Praça da Liberdade, o cari­nhoso nome de Feira Hippie. E é com esse nome que ela é conhe­cida e reco­nhe­cida até hoje pelos moradores da capital.
 
A Feira é divi­dida em 16 seto­res, incluíndo 3 áreas de alimentação, com mais de 2.000 expo­si­to­res e cerca de 10 mil tra­ba­lha­do­res dire­tos e indi­re­tos. Ela recebe, em média, 60 mil visi­tan­tes a cada domingo. Em 31 de dezembro de 2010 foi publicado o Decreto 14.246/2010, Regimento Interno da Feira de Artesanato, onde a referida feira passou a ser denominada Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte.

 

 

Endereço: Avenida Afonso Pena, 1060 - Centro
Complemento: Entre Rua da Bahia e Rua Guajajaras 
Telefone: 156
31 3277-9235

Horário de Funcionamento: domingo, das 8h às 14h

 

 

Prefeitura realiza recadastramento de expositores da Feira da Afonso Pena