Pular para o conteúdo principal

A foto mostra a vista de Belo Horizonte, do centro para a Serra do Curral, em um dia de céu claro com poucas nuvens.
Foto: Divulgação PBH

Workshop Internacional Connective Cities Belo Horizonte discute projeto Zona 30

22/08/2018 | 19:42 | atualizado em 01/11/2018 | 17:12

Termina nesta quinta-feira, dia 23, o Workshop Internacional “Connective Cities: discutindo as Zonas 30 e uma cidade viável para todas e todos”. O evento acontece na Prefeitura de Belo Horizonte (avenida Afonso Pena, 1212 – 1º andar – sala 3) por meio de uma parceria com especialistas alemães das cidades de Bremen e Leipzig e a WRI Brasil.

O evento Connective Cities trouxe à cidade especialistas alemães que estão auxiliando na compreensão dos desafios para a viabilização da implantação de projetos de Zonas 30 na capital.

Nesta quinta, 23/8, o presidente da BHTrans, Celio Freitas Bouzada, e especialistas estarão à disposição da imprensa, às 12 horas, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte.

Zonas 30 - São áreas com tratamento especial visando à redução de velocidade (máxima a 30km/h) para que se transformem em áreas mais seguras principalmente para quem caminha e em especial, crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.

No processo de discussão com a população para viabilização de projetos dessa natureza, o compartilhamento de boas práticas em andamento em cidades ao redor do mundo é fundamental para enriquecer o debate e agregar novas informações de modo a se conceber um projeto que seja bem incorporado pela cidade.

Parceira Belo Horizonte e Alemanha - A parceria de Belo Horizonte com cidades alemãs, teve início em 2012 quando Belo Horizonte foi selecionada para participar do projeto SOLUTIONS, financiado pela Comissão Europeia. O projeto Sharing Opportunities for Lowcarbon Urban Transportation (SOLUTIONS) apoia o intercâmbio em soluções sustentáveis e inovadoras de mobilidade urbana entre as cidades da Europa, América Latina e do Mediterrâneo.

O Workshop incluirá atividades internas e externas com estudos de caso em duas regiões da cidade: Área Hospitalar e bairro Cachoeirinha. E terá representantes nas áreas de política urbana, planejamento urbano, meio ambiente, saúde, desenvolvimento econômico, educação, assistência social, e infraestrutura, além da sociedade civil, por meio dos conselhos regionais de Transporte e Trânsito; da Pessoa com Deficiência; e do Idoso. A atividade também vai contar com a participação, do CDL, das Ongs Nossa BH e BH em Ciclo e de representantes do CEFET, da Escola de Arquitetura da UFMG e do ITDP Brasil, sigla em inglês para o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento. Técnicos da Cidade de Fortaleza foram convidados para compartilhar suas experiências).

A parceria que inclui a ida de técnicos da BHTrans à Alemanha, não envolve qualquer tipo de custos ou investimentos por parte da Prefeitura de Belo Horizonte. E os benefícios e oportunidades são inúmeros com grande reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos técnicos.
Um dos principais resultados desse longo processo tem sido a contribuição para um planejamento melhor da cidade de Belo Horizonte.


Últimas Notícias

Imagem do viaduto Bolivar, que faz parte da Via 710 Novo viaduto sobre a via 710 é liberado nesta terça-feira

O viaduto Bolivar será uma importante conexão entre os dois bairros União e Fernão Dias.

30/06/2020 | 17:39
Arte feita pela Prefeitura para o FIQ em Casa 2020 FIQ em casa chega à última semana com produção digital e quadrinhos políticos

Iniciado no dia 5 de junho, a versão on-line do FIQ tem programação inédita até esta sexta-feira, dia 3 de julho.

29/06/2020 | 15:42