Pular para o conteúdo principal

Jogador, de uniforme laranja e preto, dá chute a gol, enquanto goleiro de verde pula no ar para pegar a bola.
Foto: Marcelo Machado/PBH

Villa Real supera Jardinópolis e conquista o módulo C da Copa Centenário

29/10/2019 | 20:21 | atualizado em 04/11/2019 | 09:06

Após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, o Villa Real derrotou o Jardinópolis por 8 a 7 na disputa por pênaltis e assegurou o título do módulo C da edição 2019 da Copa Centenário de Futebol Amador Wadson Lima, no último domingo, dia 27, em decisão realizada no Estádio Mário Ferreira Guimarães (Baleião). A competição é organizada e realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

 

O Villa Real teve um bom início de jogo e abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, com gol de Janderson Junio. A equipe manteve a vantagem até os 25 do segundo tempo, quando o Jardinópolis chegou ao gol de empate, por meio de Rodrigo, após exercer muita pressão sobre o adversário. Com o empate no tempo regulamentar, a decisão foi para a disputa por pênaltis, e o Villa Real foi mais eficiente, vencendo a série de cobranças por 8 a 7.

 

Oriundo do Vale do Jatobá (Barreiro), o Villa Real chegou ao título com a seguinte campanha: empate por 1 a 1 com Havaí, vitória por 2 a 1 sobre o Naja, vitória por 2 a 0 sobre Leblon, empate por 1 a 1 com Nuhac (5 a 4 nos pênaltis), vitória por 3 a 1 sobre Paulo VI e empate por 1 a 1 com Jardinópolis (8 a 7 nos pênaltis). O troféu de artilheiro do módulo C ficou com Flávio José (11 gols), atacante do Flor de Minas. Já o troféu de goleiro menos vazado da categoria foi para Luiz Fernando (dois gols sofridos), do Jardinópolis.

 

O módulo C equivale à terceira divisão do Adulto Masculino da Copa Centenário. Os quatro primeiros colocados (Vila Real, Jardinópolis, Paulo VI e Flor de Minas) têm acesso garantido ao módulo B da competição em 2020.

 

 

Inclusão social

Um dos principais torneios amadores do Brasil, a Copa Centenário tem o objetivo de fortalecer as associações esportivas amadoras na cidade, reafirmando o papel delas no processo de inclusão social dos praticantes, além de ofertar momentos de lazer às comunidades e proporcionar melhoria na qualidade de vida da população.

 

Os jogos da Copa Centenário são realizados nos campos de várzea municipais de Belo Horizonte. A competição mobilizou em 2019 mais de 5.400 participantes diretos, entre atletas e integrantes de comissão técnica, de quase 220 clubes distribuídos em oito módulos: Infantil, Juvenil, Adulto (A, B e C), Master e Feminino Adulto, além do Feminino Sub-17, criado pela Prefeitura em 2018.

 

Os campeões já definidos nesta temporada são o Itamarense (Infantil), São Bernardo (Juvenil), Tupinambás (Feminino Sub-17), Manchester (Feminino Adulto) e Villa Real (Adulto Masculino – C). Os demais campeões (Master e Adulto Masculino A e B) serão conhecidos em novembro.