Pular para o conteúdo principal

Foto aérea do Pampulha Iate Tênis Clube durante o dia.
Foto: Adão de Souza/PBH

Vigilância Sanitária realiza operação em clubes recreativos

10/01/2018 | 16:39 | atualizado em 12/01/2018 | 18:47

A partir de quinta-feira, dia 11 de janeiro, a Vigilância Sanitária da Prefeitura de Belo Horizonte inicia a “Operação Verão Saudável”, que consiste em uma série de ações educativas simultâneas, visando a proteção e saúde dos frequentadores dos clubes recreativos. Ao todo serão vistoriados 61 clubes cadastrados na Vigilância Sanitária. O trabalho será realizado por cerca de 70 fiscais sanitários e vai até a primeira quinzena de março.

 

A operação acontece em duas fases. Na primeira serão priorizadas ações de caráter educativo e preventivo. Na segunda, serão realizadas vistorias de retorno para verificação da correção das irregularidades encontradas e aplicação de medidas cabíveis, que podem chegar até a multas, com valores que variam entre R$372,90 a R$14.916,00.

 

O objetivo da operação é evitar o risco de doenças veiculadas pela água, como conjuntivites, micoses, sinusites, dentre outras. Será avaliada a qualidade da água das piscinas, com aferição do pH e presença do cloro residual, juntamente com estado de conservação.

 

Também serão vistoriadas outras dependências dos clubes como vestiários, saunas, restaurantes e lanchonetes para verificação das condições higiênico-sanitárias. Nas lanchonetes e restaurantes serão verificados também a qualidade, acondicionamento e validade dos alimentos ofertados.

 

Na oportunidade a Vigilância Sanitária irá alertar sobre a importância do bom estado de limpeza e conservação desses locais, como deve ser feito o monitoramento da qualidade da água nas piscinas.

 

Os usuários podem fazer denúncias de situações irregulares pelo telefone 156.