Pular para o conteúdo principal

Atores mascarados interpretam a peça "Inspetor Geral"
Foto: Andrea Delicato

Teatro Francisco Nunes sedia Festival Estudantil de Teatro

25/10/2017 | 09:35 | atualizado em 20/11/2017 | 10:31

O Teatro Francisco Nunes recebe, de 25 a 29 de outubro, cinco espetáculos que compõem a 17ª edição do Festival Estudantil de Teatro – FETO, atualmente um dos mais importantes eventos do país voltados para o teatro estudantil. As apresentações têm entrada gratuita. A programação do teatro está disponível no site BH faz Cultura

 

Além dos espetáculos, a programação do festival conta ainda com a presença de representantes de Festivais de diferentes partes do país, que se encontrarão para diálogos propositivos sobre  temas como as relações entre estudantes de teatro e mercado profissional.

 

Idealizadora e curadora do FETO, Bárbara Bof ressalta a percepção apresentada pelos estudantes sobre o momento atual: “Recebemos mais de 140 propostas de espetáculos com variadas linguagens e temáticas, mas é notável como há na absoluta maioria elementos de crítica a respeito da complexa situação pela qual passa o país. Há desde montagens com questões explicitas até propostas com alegorias ou questionamentos. O poder de reflexão estimulado pelo teatro é um grande estímulo para a realização do FETO ano a ano”. A programação completa da 17ª edição do FETO pode ser consultada no site do FETO

 

A 17ª edição do FETO é apresentada pelo Ministério da Cultura, pelo Governo de Minas Gerais e pela Associação No Ato, tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH, , patrocínio da MGS e da CEMIG, a parceria do Sesc, é realizada com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte, Fundação Municipal de Cultura, conta com Incentivo da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e com os benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

 

Confira a programação a seguir:

 

17º Festival Estudantil de Teatro -  Francisco Nunes

 

DIA 25, ÀS 15H30

Inspetor Geral – Cia Caixa Preta

Adaptação de “O Inspetor Geral”, de Nicolai Gógol. O espetáculo revela, por meio da comicidade e do mascaramento, o abalo sofrido numa província de São Petesburgo.

 

DIA 26, ÀS 15H30

Negra Sou – Grupo Cabe na Sacola

Passando por momentos como a revolta das chibatas e o regime militar, o espetáculo construído de forma colaborativa pelo grupo Cabe na Sacola tem como temática o preconceito de cor e conta com canções e cenas que fazem alusão a importantes episódios históricos brasileiros.

 

DIA 27, ÀS 20H

Em Trânsito - Grupo Jovem de Dança

Em Trânsito é composto por 4 peças coreográficas criadas a partir da reflexão sobre as diversas dinâmicas das relações humanas contemporâneas. Compõem este espetáculo os trabalhos “Édipo”, de Fernando Barcellos; “Consome-te”, de Dalton Correia; “Vibrencia”, de Ludmilla Ferrara; e “SE7”, de Caroline Rodrigues.

 

DIA 28, ÀS 15H30

100 Sinal - Grupo Casca Grossa

Dramas de adolescentes se perdem entre a vida real e o mundo virtual. O celular estaria ditando as regras? A quantidade de views te define? Régis caminha numa linha tênue entre ambições e frustrações. Batalhas, redes sociais, curtidas, brigas, família, nudes e fofocas são partes de uma pane que se repete de forma descontrolada na vida deste personagem.

 

DIA 29, ÀS 11H

AdoleSendo - Corpo Composto

O espetáculo traduz ideia de compartilhar pesquisas de dança na e sobre a escola, apontando-a como um espaço de representatividade. Em cena, condicionamentos e afeições que constituem a fase da adolescência e como tais conexões transcorrem dentro e fora da sala de aula.