Pular para o conteúdo principal

Escavadeira retira terra da Barragem Santa Lúcia. Ao fundo, árvore e prédios, durante o dia.
Foto: Antonio Rodrigues/PBH

Sudecap retira 35 mil metros cúbicos de sedimentos da Barragem Santa Lúcia

07/12/2018 | 15:54 | atualizado em 11/12/2018 | 18:47
Após quase sete meses de intenso trabalho da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), o serviço de desassoreamento da barragem Santa Lúcia retirou aproximadamente 35,1 mil m³ de material, muito além da expectativa inicial que era de 30 mil m³ de material assoreado. O desassoreamento é uma etapa importante das ações de prevenção de enchentes do Córrego Leitão e que contribui na diminuição dos problemas causados pelas chuvas na avenida Prudente de Morais. A Prefeitura estima um investimento de R$ 1,8 milhão nesses trabalhos.

O escopo da obra contempla a recomposição do bordo do reservatório em pedra argamassada e a retirada da rampa de acesso dos equipamentos ao leito do reservatório, além de serviços de reparos de passeios e de talude gramado.

O desassoreamento tem como objetivo manter os níveis de água e a capacidade de retenção da lagoa, que é de 100 mil m³ de água. Superintendente da Sudecap, Henrique Castilho explica que, de tempos em tempos, sedimentos são levados para o fundo do reservatório, causando o seu assoreamento e, consequentemente, diminuição de sua capacidade de acumulação de água. “O desassoreamento realizado na bacia proporciona um incremento no seu volume de acumulação e mais segurança à barragem Santa Lúcia. O rebaixamento do leito do reservatório permite uma redução do seu nível de água, garantindo os seus fins paisagísticos e o ganho no volume de armazenamento”, afirma Castilho.

Depois de limpa, a barragem Santa Lúcia terá o seu espelho d’água restabelecido. O enchimento da lagoa ocorrerá naturalmente e o prazo depende das condições climáticas e da vazão da nascente, localizada no Parque Jornalista Eduardo Couri, região Centro-Sul.

Moradores da região e pessoas que se exercitam no entorno da barragem elogiam a obra da Prefeitura. “Esta obra é bacana demais. O pessoal que caminha até afastou um pouco por causa da poeira, mas todo mundo volta, pois está ficando muito bonito. Com a barragem limpa, é melhor para todo mundo, quem faz caminhada, quem mora e quem trabalha, como eu”, disse Fernando Pereira, dono da barraca de água de coco.

Para a Edméia Santiago, caminhante e moradora do Alto Papagaio, a obra vai trazer melhorias para quem gosta de caminhar no local. “A barragem vai melhorar muito, ela é muito importante pra gente que faz caminhada todo dia, como eu, e para toda a comunidade. É um lugar muito bonito de ser visto e ótimo para a gente conviver. Aqui é tudo maravilhoso e com essa obra acho que vai ficar melhor ainda”, diz.
 
 

07/12/2018. Barragem Santa Lúcia. Fotos: Antônio Rodrigues/PBH