Pular para o conteúdo principal

Cinco servidores estão sentados em colchonetes especiais para meditação vermelhos, enquanto olham para pessoa que ministra curso.

Servidores participam do Programa Mindfulness

04/06/2018 | 18:54 | atualizado em 04/06/2018 | 18:54

 

A Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio do Programa de Valorização do Servidor Movimenta PBH e da Gerência de Saúde do Servidor, está promovendo o Programa Mindfulness para os servidores da PBH. A parceria foi feita com a instrutora Fernanda Maurício Simões, membro do Plenamente Centro de Mindfulness e em formação pelo Programa Mente Aberta da UNIFESP.
 

O curso teve início em maio e é voltado para os servidores da secretaria de Planejamento e das secretarias de Cultura, Desenvolvimento Econômico, Planejamento Urbano, subsecretaria de Planejamento Urbano e da coordenadoria regional Centro-Sul. O curso foi direcionado aos servidores que buscam uma melhora da qualidade de vida, assim como no seu bem-estar físico, emocional e profissional.  “Diante da grande busca, ampliamos o público, que inicialmente seria o de servidores em processo de readaptação funcional. Ao todo, serão oferecidos oito encontros semanais com duas horas de duração e encerramento previsto para 11 de julho”, explicou Andréa Lages, integrante da equipe do Movimenta PBH.
 

“Estamos inseridos numa sociedade que exige de nós o cumprimento de multitarefas. Atuamos no piloto automático a quase todo momento e não estamos conectados ao tempo presente. Estamos sempre cumprindo metas, tarefas, pensando no passado ou ansiosos como o futuro”, esclarece Fernanda Simões, instrutora do Mindfulness. Ela explica que o curso visa ensinar práticas meditativas que permitam a conexão com o presente, auxiliando na percepção curiosa, gentil e sem julgamentos de experiências internas e externas. “Conhecendo nossos padrões internos de funcionamento, podemos ter escolhas mais sábias em nossa vida”, destaca a instrutora.  
 

Carlos Ferraz, assistente administrativo, ficou muito animado em participar do Mindfulness. “Eu tinha visto uma palestra sobre a atenção plena e fiquei muito interessado. São práticas que nos ensinam a lidar com o stress, separando as emoções para que sejamos mais ativos do que reativos. Temos que agir com mais gentileza e pensar antes de falar qualquer coisa que possa agredir quem está do nosso lado”. Jussara Vieira trabalha na gerência de Gestão de Tempo também gostou muito do primeiro encontro. “Vivemos uma situação muito estressante, com várias cobranças. Cada um deve ter sua estratégia para lidar com este contexto da melhor forma possível. O curso nos faz refletir que existem formas diferentes de lidar com os problemas”.    

 

Surgimento

O Mindfulness surgiu na Universidade de Massachusetts e foi pensado para pessoas que viviam um alto nível de stress ou que possuíam doenças crônicas. Durante o curso, é proposta a vivência de práticas de atenção plena na respiração, nos movimentos e na caminhada e escaneamento do corpo. Além disso, são ensinadas algumas práticas informais de Mindfulness, como alimentar-se com atenção plena, escovar os dentes e tomar banho.