Pular para o conteúdo principal

Serviço de Achados e Perdidos é disponibilizado no Carnaval

01/02/2018 | 18:53 | atualizado em 15/02/2018 | 13:40
A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Belotur, vai disponibilizar dois Centros de Atendimento ao Turista (CATs) para receber objetos e documentos perdidos durante o Carnaval de Belo Horizonte 2018. O serviço de ‘Achados e Perdidos’ da PBH vai funcionar no CAT Álvaro Hardy (Veveco) e no CAT Rodoviária.

O CAT Veveco (avenida Otacílio Negrão de Lima, 855, Pampulha) funciona de 8h às 17h (com exceção do dia 5) e o CAT Rodoviária (no Terminal Rodoviário) fica aberto 24 horas. Na rodoviária, é preciso procurar o guichê de informações da plataforma de desembarque ou entrar em contato por meio do telefone (31) 3271-3000.



Correios e Polícia Civil também recebem documentos

Documentos perdidos no Carnaval também podem ser entregues nos Correios. Vale lembrar que a empresa mantém documentos na agência central por 60 dias contados a partir da data em que deram entrada. Após esse período serão encaminhados aos órgãos emissores. No momento da retirada, a pessoa deve comprovar que é titular do documento e pagar a taxa de R$ 5,50.

O Instituto de Identificação da Polícia Civil (avenida Augusto de Lima, 1833, Barro Preto) também trabalha com Achados e Perdidos, recebendo identidades. Os documentos ficam guardados no Instituto por até quatro anos.



Carnaval de Belo Horizonte 2018

Nos últimos anos o Carnaval de Belo Horizonte se consolidou como um dos maiores do Brasil. De acordo com as estimativas divulgadas pelo Ministério do Turismo, a cidade é um dos destinos mais procurados, ao lado de Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife e Olinda. Juntas, elas devem ser responsáveis por 65% de toda a movimentação financeira no país durante o período de folia.

O Carnaval de Belo Horizonte, que acontece oficialmente do dia 27 de janeiro a 18 de fevereiro, se tornou um dos mais surpreendentes do país. Para este ano, a expectativa é de 3,6 milhões de foliões, 20% a mais que em 2017. Serão cerca de 480 blocos de rua com 550 desfiles. Entre as novidades estão os nove palcos oficiais distribuídos entre as regionais, descentralizando ainda mais a programação na cidade. Além disso, melhorias estruturais acontecerão na avenida Afonso Pena para o desfile das escolas de samba e blocos caricatos. A avenida será pintada de branco para valorizar as fantasias e adereços, assim como acontece nos sambódromos. No local será instalado ainda um cronômetro para contar o tempo dos desfiles.



Serviço

Terminal Rodoviário de Belo Horizonte: Praça Rio Branco 
Instituto de Identificação da Polícia Civil (Av. Augusto de Lima, 1833, Barro Preto) - Somente identidade
Correios (somente documentos): O serviço funciona na Agência Central: avenida Afonso Pena, 1270, Centro.