Pular para o conteúdo principal

“A Savassi é da Gente” comemora o Dia Internacional do Jazz

28/04/2017 | 11:18 | atualizado em 01/06/2017 | 09:27

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e da Belotur, e em parceria com o Instituto Maestro João Horta (IMJH), realiza uma edição especial do projeto “A Savassi é da Gente”, em comemoração ao Dia Internacional do Jazz, neste domingo (dia 30).

 

“A Savassi é da Gente” está de volta neste domingo, dia 30, das 9h às 14h. Para a realização do projeto, trechos das avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas são interditados à circulação de automóveis, aos domingos, das 6h às 15h.

 

A data, que foi criada pela UNESCO para destacar a importância desse gênero musical e sua contribuição na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história, será lembrada dentro do projeto da PBH. Além da comemoração ao Dia Internacional do Jazz, o “A Savassi é da Gente” contará com brincadeiras infantis tradicionais, para combinar com o clima cultural do evento, como amarelinha, bambolê e corda.

 

Para reforçar ainda mais a importância do jazz na cultura musical brasileira, o Instituto Maestro João Horta apresenta a iniciativa de se comemorar o Dia Internacional do Jazz em BH, capital de um dos estados brasileiros mais ricos musicalmente. Toninho Horta, um dos maiores representantes da música instrumental brasileira, é o patrono desse projeto, assumindo também a curadoria. “O jazz é a música da liberdade de expressão e está comemorando uma tradição de cem anos. Este é um projeto de união e generosidade. Teremos uma série de músicos no palco e, por fim, faremos uma jam session. A música agrega e abre o coração das pessoas”, conta o compositor.

 

A 1ª edição do Dia Internacional do Jazz em BH contará com uma série de apresentações musicais, das 10h às 14h30, em um palco montado na Praça Diogo de Vasconcelos, mais conhecida como Praça da Savassi. Durante as apresentações, o público também poderá aproveitar o lazer e as práticas esportivas ao ar livre, além de saborear um pouco da gastronomia gourmet com a presença de “food trucks”.

 

Estão confirmadas as apresentações dos conjuntos: Toninho Horta e Grupo, Banda da Guarda Municipal de Belo Horizonte, Grupo Trivial, Maria Bragança Trio, Banda Passupreto, Juarez Moreira Trio, Eneias Xavier, Jorge Continentino e Rota Jazz. A participação dos músicos é voluntária.

 

O secretário municipal de Esporte e Lazer, Bebeto de Freitas, ressaltou que o projeto “A Savassi é da Gente” chega à 7ª edição, com a aprovação da população. “A repercussão, junto aos comerciantes e moradores da cidade, tem sido ótima. Nas próximas edições, esperamos ter mais atrações esportivas e culturais, sempre em parceria com outros órgãos da PBH, como a Belotur, para incentivar o convívio e a ocupação do bairro.”

 

Celebração mundial 


A história do Jazz começou em 1917, quando a Original Dixieland Jass Band (ODJB), de Chicago, nos EUA, gravou, no dia 26 de fevereiro, as canções “Livery Stable Blues” e “Dixie Jass Band One-Step”. Para lembrar o centenário do gênero musical, o Dia Internacional do Jazz será celebrado em 120 cidades ao redor do mundo. Todos os eventos, inclusive o realizado em BH, serão divulgados no site internacional www.jazzday.com