Pular para o conteúdo principal

Cartaz do Rock da Regina
Foto: Arte/Divulgação

“Rock da Regina” destaca bandas independentes no Centro Cultural Lindeia Regina

criado em 25/03/2022 - atualizado em 25/03/2022 | 18:29

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, promove neste sábado, dia 26, a partir das 16h, no Centro Cultural Lindeia Regina, a 28ª edição da mostra “Rock da Regina”. O evento visa valorizar e promover bandas independentes de rock de Belo Horizonte e da região metropolitana. Esta edição acontece de forma presencial e terá a apresentação de seis bandas. Seguindo os protocolos de prevenção à covid-19, será necessário apresentar comprovante de vacinação ou teste negativo para covid-19. A entrada é gratuita e a classificação é livre. Mais informações portalbelohorizonte.com.br.

 

O Rock da Regina é uma mostra do rock independente produzido na região do Barreiro, proporcionando visibilidade às bandas locais, valorizando e difundindo a música autoral belo-horizontina. Historicamente, o Barreiro destaca-se no cenário de bandas e artistas importantes de Belo Horizonte, tendo servido de palco para eventos de rock desde a década de 1980. O evento acontece no Centro Cultural Lindeia Regina há 12 anos e a comunidade o reconhece como o maior festival de rock da região. A ideia do evento surge a partir da demanda deste núcleo de bandas autorais do entorno do CCLR, e que, junto com a gestão e produção do equipamento, criam o Rock da Regina, em 2009.

 

“Ao longo dos seus 12 anos de realização, o Rock da Regina se consolidou como um espaço potente para a articulação de artistas e revelação de talentos do rock na região do Barreiro. É grande a expectativa para a realização desta edição, depois de um longo período de isolamento social. As bandas, agora, se preparam para ocupar novamente o palco do Centro Cultural Lindeia Regina, com todos os cuidados que o momento ainda exige”, destaca Barbara Bof, Diretora de Promoção dos Direitos Culturais da Fundação Municipal de Cultura.

 

Pelas 27 edições anteriores da mostra já passaram mais de 70 bandas, entre elas, Absurda, Efecto, King Size Box, Seu Silva, Falcatrua, Manolos Funk, Odisseia, Scanners, Concreto, Cartoon, Cretinos e Calhordas, A’sombra, Pandemônio, Nagori, Seu Merda. As bandas e artistas se apresentam de maneira voluntária, tendo, à disposição, o espaço e infraestrutura para realização das apresentações.

 

Conheça as bandas que se apresentam nesta 28ª edição

 

BIG BEAR BROTHERS
Big Bear Brothers foi formada em 2016 em Belo Horizonte. Com inspiração no Hard Rock das décadas de 1970 e 1980, tem como objetivo levar a energia e a força do Rock'n'Roll para o maior número possível de pessoas. Com uma mensagem que reflete os dias atuais, porém feita com positividade e com letras autorais em inglês, a Big Bear Brothers tem buscado seu lugar na cena cultural da cidade.
Integrantes: Weverton Silva/bateria, Fred Luther/ Guitarra e Vocal,e Rodrigo Alex/ baixo e vocal.

 

CRETINOS E CALHORDAS
A banda é originária de Ibirité e foi criada no início de 2015, com intuito de promover um punk rock limpo e sem frescura por meio de letras bem humoradas e de protesto político. Influências são Ramones, Misfits, Bad Religion e Offsprin. Seus integrantes são de toda grande BH.

 

PLAN B
Plan B é uma banda de Ibirité, formada desde 2019.  Tem como referências The Cranberries, Pitty, Legião Urbana e The Smashing Pumpkins. A banda já se apresentou em diversos eventos e casas – Matriz Casa Cultural, Face a Face, Área 51, Amostra Periférica de Música, entre outros.
Integrantes: Magno Maciel (compositor e guitarrista), Daiana Umbelina (voz e violão), Hugo Vieira (bateria) e Marcelo Maciel (baixo).

 

STURZEN
A banda Sturzen nasceu em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Vem gravando e produzindo de forma independente suas músicas autorais desde 2015. Suas principais influências vêm do heavy metal, melódico e progressivo.
Integrantes: Régis Sturzenecker (guitarra e vocal), Dieno Barbosa (guitarra), D'angelo Mendonça (baixo) e Guilherme Leopoldino (bateria).

 

TÊNIS E FLORES
A banda Tênis e Flores, formada em Belo Horizonte, possui uma trajetória marcada por participações em eventos e festivais, como Concurso Nota Alta, Autêntica, Rock da Regina e Programa Ser Parte. Suas principais referências são Queen, Jota Quest, Lagum e Legião Urbana.

 

ZERO À ESQUERDA
O Zero à Esquerda é uma banda de punk rock fundada por jovens da região do Barreiro e iniciou suas atividades em 2005. Participou de vários eventos em Belo Horizonte, como Showmício do Ninguém, Natal Maldito, Som de Rua 5 e Rock da Regina. Suas maiores referências vêm de bandas como Ramones, Ratos de Porão, Radkey, Os Inocentes, El Efecto, Vultör, Buneka Véia e Bulimia.

 

SERVIÇO
 

28º Rock da Regina
Centro Cultural Lindeia Regina - Rua Aristolino Basílio de Oliveira, 445 – Regina
Dia 26 de março, sábado, a partir das 16h
Entrada gratuita