Pular para o conteúdo principal

Garis em um Ponto Limpo
Foto: PBH/Divulgação

Região Norte recebe novo Ponto Limpo

17/05/2021 | 15:08 | atualizado em 17/05/2021 | 15:08

Nesta terça-feira, dia 18, a  Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) inaugura mais um Ponto Limpo, desta vez na rua Joaquim Cardoso, entre as ruas José Lins do Rego e Oswaldo Goeldi, ao lado de uma academia a céu aberto, no bairro Tupi, na região Norte da capital. Uma equipe do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização estará presente, reforçando a importância da preservação da área junto à comunidade, agora livre das deposições clandestinas. 

 

Como desdobramento da ação, até o dia 21 haverá campanha educativa ao longo de toda a avenida Saramenha para incentivar a entrega voluntária e gratuita de poda, pneus velhos, restos de obra, móveis em desuso e de outros resíduos volumosos na URPV homônima, situada próximo. Segundo a chefe Ana Paula da Costa Assunção, o canteiro central da via tem sido alvo constante de descarte irregular de lixo. “Precisamos que os cidadãos se sensibilizem com relação às questões ambientais e sejam nossos parceiros”, observa a gestora.  

 

Ana Paula lembra que existem outras mais de 30 Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes iguais à do bairro Tupi, em Belo Horizonte, e ressalta que as pessoas devem colaborar utilizando corretamente esses equipamentos públicos do município. Para ela, é mais um meio de evitarmos que o lixo vá parar em esquinas, lotes vagos e até em grandes corredores viários, oferecendo riscos a pedestres e motoristas.  

 

A técnica de Mobilização Social Sandra Tomie Canno comemora cada Ponto Limpo que surge na cidade. “É um esforço conjunto que reúne funcionários da Limpeza Urbana e da Fiscalização da Prefeitura, empresas prestadoras de serviços e moradores que desejam uma solução para os resíduos que poluem visual e sanitariamente os espaços urbanos, aumentando as chances de doenças e outros transtornos”, declara. 

 

Belo Horizonte possui atualmente mais de 300 Pontos Limpos. Um novo levantamento dos lugares crônicos de descarte irregular de resíduos já está sendo preparado. Levando-se em consideração algumas restrições impostas ao trabalho dos técnicos, em virtude da pandemia, assim que for possível, o relatório será concluído e os números mais recentes desse trabalho serão apresentados à população.