Pular para o conteúdo principal

Duas idosas fazem apresentação teatral em ILPI
Foto: Divulgação/PBH

Promoção à saúde aumenta a qualidade de vida de internos em ILPIS de BH

24/09/2018 | 17:22 | atualizado em 24/09/2018 | 17:22
Quem vê dona Beatriz fazendo exercícios de alongamento e os movimentos terapêuticos nas aulas de Lian gong, nem imagina que ela tem 94 anos de idade. Há 6 meses, ela mora no Lar São José, uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) que funciona no bairro Olhos D’água. Com um sorriso no rosto e uma vitalidade de dar inveja, dona Beatriz não esconde a receita de uma vida com qualidade. “Sempre me movimentei muito. O tempo foi passando e fui percebendo que não conseguiria manter o ritmo. Mas, o importante é não ficar parada”, conta.

O Lar São José é uma das 29 ILPIs filantrópicas de Belo Horizonte que vão receber ações do Projeto de Promoção da Saúde, cujo objetivo é tirar idosos da inatividade, minimizando os efeitos e as consequências do sedentarismo.

Semanalmente, os profissionais dos centros de saúde da área de abrangência da ILPI vão oferecer ações de promoção à saúde, como Lian Gong, dança sênior, encontros para o controle do tabagismo, dicas para a prevenção de quedas, cuidados com a saúde bucal e massagem corporal. No Lar São José, as atividades já começaram e os resultados surpreendem a coordenadora, Ivanilde Estrela. “Eles estão mais felizes, mais calmos e até se alimentam melhor. A quantidade de medicamentos para dormir foi reduzida para muitos idosos”, comemora.

Além do Lar São José, outras 11 instituições como essa já receberam o programa. A expectativa da SMSA é estender a ação a outros 18 lares filantrópicos até o fim de 2019, beneficiando aproximadamente 900 idosos. Segundo a secretária adjunta de Saúde, Taciana Malheiros, a população está vivendo cada vez mais, e o Brasil é um dos países com maior número de idosos do mundo. “Diante disso, precisamos pensar em políticas públicas que atendam de forma adequada e eficaz a essa parcela numerosa da população. A partir dessa aproximação nas ILPIs, do conhecimento desse idoso e de uma presença permanente dos profissionais de saúde, lançamos um novo olhar e temos a chance de oferecer mais qualidade de vida a essas pessoas” afirmou.
 

24/09/2018. Projeto de promoção à saúde em ILPIs. Fotos: PBH/Divulgação