Pular para o conteúdo principal

Dois salva-vidas com camisetas vermelhas e bonés acompanham crianças do Programa Escola nas Férias.
Foto: Divulgação PBH

Programa Escola nas Férias oferece atividades de lazer

29/01/2018 | 14:04 | atualizado em 29/01/2018 | 14:07

Nove escolas da região Centro-Sul de Belo Horizonte abriram as portas de 22 a 26 de janeiro para o projeto “Escola nas Férias”, que proporciona práticas de lazer aos estudantes e à comunidade escolar, contemplando as vivências de jogos e brincadeiras, atividades esportivas e demais práticas culturais durante o período das férias escolares. Ao mesmo tempo, o programa promove a socialização entre as crianças e adolescentes.

 

Desenvolvido este ano pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) em 159 escolas de nove regionais, o Escola nas Férias articula ações conjuntas das Secretarias Municipais de Educação, Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Esporte e Lazer e da Fundação de Parques e Zoobotânica.

 

A programação é voltada para a comunidade e inclui crianças e adolescentes da comunidade, de 6 a 14 anos, que não estudam nas instituições. Cada escola fez sua programação, de três a cinco dias, em um turno ou tempo integral. Três refeições diárias foram oferecidas às crianças - café da manhã, almoço e lanche da tarde.

 

Além de oficinas e brincadeiras, as crianças participaram de passeios a clubes e sessões de cinemas e teatro. Na segunda-feira, dia 22, na Escola Municipal Mestre Paranhos, no Conjunto Santa Maria, região Centro-Sul, foram oferecidas oito oficinas - três de artesanato, duas de jogos lúdicos e pedagógicos, confecção de um mural com recicláveis, circuito (atividades físicas  com cones, cordas, bolas e bambolês) e  dança - para mais de 100 crianças.

 

Na Escola Municipal Senador Levindo Coelho, mais de 150 crianças participaram na quarta-feira, dia 24, do dia de cinema, com direito a pipoca. “Levamos 175 crianças. De 20 a 30 delas disseram que era a primeira vez que estavam indo ao cinema, o que mostra o número de crianças que não tem acesso a esse tipo de cultura”, observa Mário Lúcio da Silva, coordenador  do projeto na Levindo Coelho.

 

Para as 170 crianças da Escola Municipal Edson Pisani, a quinta-feira, dia 25, foi dia de clube. “As crianças ficam felizes, fazem passeios para lugares que muitas vezes só podem ir com a escola, encontram e se divertem com os amigos. Isso é o mais importante!”, ressalta Floricena Esteva, diretora da Edson Pisani.

 

Rede Municipal

Das 159 instituições da Rede Municipal de Educação participantes do Escola nas Férias, 26 escolas foram da Regional Barreiro; 9 da Regional Centro-Sul; 14 da Regional Leste; 23 da Regional Nordeste; 16 da Regional Noroeste; 19 da Regional Norte; 14 da Regional Oeste; 14 da Regional Pampulha e 24 da Regional Venda Nova.