Pular para o conteúdo principal

Cerca de doze idosos cadeirantes, reunidos em círculo.
Foto: Vilma Tomaz/PBH

Programa da Prefeitura vai levar 1.600 idosos a passeios em atrações culturais

19/03/2019 | 18:43 | atualizado em 24/05/2019 | 15:24
A partir deste mês de março, a Prefeitura de Belo Horizonte vai oferecer passeios turísticos para idosos residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) conveniadas. O projeto, denominado Alegria de Viver, faz parte do Programa Vida Ativa. O Alegria de Viver é viabilizado por meio de recursos do Fundo Municipal do Idoso e tem o objetivo de proporcionar passeios em atrações turísticas e culturais a 1.600 idosos.
 

“Serão 40 passeios entre março e dezembro deste ano, com 40 idosos em cada saída”, afirma Virna Munhoz, diretora de Lazer e Qualidade de Vida da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

 

No último dia 25 de fevereiro, coordenadores das ILPIs conveniadas se reuniram com representantes do Vida Ativa para receber explicações sobre o Alegria de Viver e sugerir as atrações a serem visitadas pelos idosos ao longo da execução do projeto. Um dos locais já definidos é o Aquário da Bacia do Rio São Francisco, da Fundação de Parques Municipais e Zoo-Botânica. “Esses passeios vão acontecer em Belo Horizonte e região metropolitana, dentro de um raio de até 80 quilômetros. São visitas a museus, igrejas, cinemas e outras atrações”, explica Virna Munhoz.

 

Para Elberto Furtado, secretário municipal de Esportes e Lazer, o Alegria de Viver é um projeto que reforça o compromisso da Prefeitura de Belo Horizonte com as políticas públicas voltadas ao público de terceira idade. “Assim como a prática de atividades físicas, o lazer é considerado um fator importante para a melhora da qualidade de vida dos idosos e para maximizar as chances de um envelhecimento mais saudável. Nesse sentido, a Prefeitura vem desenvolvendo e ampliando programas, projetos e ações voltados a esse público”, pontua Elberto Furtado.

 

 

Vida Ativa

O Vida Ativa é um programa da Prefeitura de Belo Horizonte oferecido a adultos com idade superior a 50 anos e idosos. A realização é da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

 

Com um número superior a três mil usuários por mês, o Vida Ativa está presente em mais de 40 núcleos regionalizados de Belo Horizonte, com atividades planejadas e orientadas por profissionais de educação física.

 

O objetivo é promover a saúde, a autonomia e a integração social dos participantes, com aulas coletivas de ginásticas, jogos, brincadeiras, danças e outras atividades. O programa também presta atendimento em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), com a realização semanal de atividades físicas e recreativas adaptadas, além de passeios externos com programação em cinemas, teatros e shows.


Últimas Notícias

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Baixa de construção pode ser obtida utilizando drone e por meio digital

A Prefeitura construiu um procedimento para que a baixa de construção possa ser feita por fotos e vídeos obtidos por drone.

29/05/2020 | 17:37
Prestação de contas na Câmara Municipal de Belo Horizonte PBH intensifica ações na Saúde e Políticas Sociais, mesmo com queda nas receitas

Dados demonstram que o Município arrecadou R$ 4,7 bilhões de janeiro a abril, cerca de 34% do total previsto para o ano – R$ 13,7 bilhões.

29/05/2020 | 12:05