Pular para o conteúdo principal

Dois trabalhadores constroem um muro em frente a um barranco.
Foto: divulgação/PBH

Prefeitura viabiliza obras em áreas de risco geológico

19/12/2019 | 12:52 | atualizado em 19/12/2019 | 12:52

O período chuvoso era motivo de preocupação para a família do eletricista Gilmar Alves, morador do Taquaril, região Leste da Capital, por morar em uma área de risco geológico alto. Agora essa realidade mudou, já que em setembro foi concluída obra para redução do risco, realizada pelo próprio morador, que recebeu da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel) todo o material de construção e assistência técnica necessários para a execução do empreendimento.

De acordo com Salomão de Carvalho, engenheiro da Diretoria de Áreas de Risco e Assistência Técnica da Urbel, obras como a do Taquaril, realizadas em parceria com o morador, são alternativas do Programa Estrutura em Áreas de Risco (Pear) para prevenir e evitar problemas com as chuvas. “Assim como as obras de grande porte, essas intervenções menores também estão distribuídas por todas as regionais da cidade e são importantes para diminuir o risco geológico, como no caso dessa família que reside próximo a um barranco de 4 metros, o que caracterizava uma situação de risco alto de escorregamento, oferecendo perigo para as casas acima e abaixo da encosta”, contou.

O engenheiro explica ainda que, para minimizar o problema, foi construído um muro de contenção com base em tubulões, bloco cheio e armação, sendo considerada uma obra grande que ficou pronta antes do esperado, durando apenas seis meses. Segundo ele, o motivo teria sido a disposição e o comprometimento do morador com o trabalho, que contou com a ajuda de familiares, amigos e até de um profissional para fazer os tubulões. Outro fator importante é que todas as instruções técnicas da Urbel foram colocadas em prática durante o processo.

Com a obra pronta, Gilmar, a esposa e a filha estão mais tranquilos para passar o fim de ano em casa. A família conta como está sendo bom poder dormir tranquilamente como há muito tempo não acontecia nessa época. “A gente sempre recebeu o suporte do pessoal da Urbel com orientações, vistorias e colocação de lona na encosta, mas a gente também queria que a obra saísse, porque não tínhamos dinheiro para bancar. Foi muito bom e valeu a pena colocar a mão na massa. Nossa filha não vai mais precisar acordar a gente durante a noite porque está com medo do quarto dela cair”, disse o eletricista.


Outras ações


No último período pré-chuva, foram concluídas cerca de 60 obras de eliminação de risco nas vilas e favelas de Belo Horizonte. Essas intervenções vão desde obras realizadas em parceria com o morador, com assistência técnica, acompanhamento e fornecimento de material pela Urbel, até obras de maior porte que são executadas por empreiteiras.

O Programa Estrutural em Área de Risco (Pear) atua há 25 anos em vilas e favelas com o objetivo de evitar acidentes graves e preservar vidas, assegurando proteção para as famílias que residem em áreas de risco geológico e inundação.  O trabalho é executado por de meio de vistorias, obras de manutenção, intervenções com mão de obra do morador e atividades de prevenção ao risco geológico.

 

19/12/2019. Urbel viabiliza obra de risco geológico com mão de obra do morador no bairro Taquaril. Fotos: Divulgação/PBH


Últimas Notícias

Agentes da Defesa Civil em atendimento na Vila Biquinhas Prefeitura atende 474 chamados em razão das chuvas nas últimas 36 horas

Assim como no dia anterior, moradores do Barreiro foram os que mais acionaram a Defesa Civil, totalizando 53 chamados nesta sexta-feira.

24/01/2020 | 19:10
Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o procurador-geral de Justiça Antônio Sérgio Tonet e o prefeito Alexandre Kalil Ministra Cármen Lúcia visita gabinete do prefeito no COP

O encontro foi realizado no Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH), para onde o prefeito transferiu seu gabinete.

24/01/2020 | 14:23