Pular para o conteúdo principal

Sala com muitas pessoas sentadas grupos
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

Prefeitura qualifica servidores para melhorar gestão e processos internos

07/12/2018 | 17:57 | atualizado em 10/12/2018 | 13:40

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, promoveu, de outubro até o início do mês de dezembro, o curso “Gestão de Processos, Inovação e Estratégia”. Voltada para servidores municipais, a qualificação teve o objetivo de fornecer uma visão expandida sobre o que é um processo de negócio e como ele pode ser um elemento chave para promover mudanças organizacionais.
 

“A proposta foi capacitar os participantes na metodologia de transformação de processos, compartilhando práticas e modelos consagrados de gestão e análise de processos de negócio”, conta Renata Coelho, diretora Central de Desenvolvimento Organizacional e coordenadora da atividade. “Além de aplicar o conhecimento adquirido, o servidor também terá o papel de multiplicador em sua área de abrangência”, completa.
 

A gerente do Escritório de Processos, Kênia Pôssas, também envolvida na organização do evento, assinala que a ideia surgiu com o propósito de desenvolver pessoas para atuarem em seus órgãos como agentes de mudança e de transformação. “O objetivo foi torná-los os pontos focais entre os órgãos e o Escritório Central de Processos para constituir células de modernização, a extensão da unidade central nas pontas”, explica.
 

Além de abordar questões relacionadas à Gestão de Processos, a capacitação também foi um rico instrumental de definição de estratégias e do repensar da organização com foco em melhorias para os executores e, principalmente, para os cidadãos. O processo disponibilizou ferramentas que permitem estruturar o planejamento e gerenciar com base em resultados, a partir de ações de monitoramento e avaliação.
 

“Outro ganho derivado é dotar os participantes de capacidade para leitura do ambiente e identificação de perfis gerenciais, o que permite que suas iniciativas de mudanças sejam endossadas e exitosas”, ressalta Kênia.
 

De acordo com a avaliação dos participantes, o curso alcançou 100% de índice de satisfação e mais de 97% de aprovação dos palestrantes. Glauciane Rodrigues de Sá, servidora da gerência de Planejamento e Monitoramento de Indicadores Sociais, confirma o resultado da pesquisa e diz que ficou impressionada com o alto nível de qualidade dos palestrantes e do conteúdo trabalhado.
 

“O melhor curso que já participei na Prefeitura”, destaca. Ela diz que as questões relacionadas à gestão estratégica de projetos e processos e as ferramentas mais adequadas para atingir melhores resultados, abordadas durante o curso, já poderão ser aplicadas no planejamento 2019 da Secretaria Municipal de Cultura. “Na próxima semana realizaremos um encontro sobre planejamento para otimizar a execução no próximo ano e já vamos aplicar um pouco do que aprendemos durante o curso”, relatou. 
 

Com carga horária de 40 horas/aula, o curso foi dividido em duas turmas, com cerca de 25 participantes em cada uma delas, representando 20 órgãos do Município. O conteúdo foi ministrado por profissionais de uma empresa de consultoria, especializada em gestão de processos de negócios. Todos os 54 servidores inscritos receberam certificado de participação.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Homem segura bebê na saída de brinquedo infantil inflável, acompanhado por casal; casal  passeia à frente e mulher olha uma criança e um rapaz à frente de outro brinquedo inflável, durante o dia. BH é da Gente faz ação por alimentação saudável na Pedreira Prado Lopes

Neste domingo, dia 16/6, o BH é da Gente – Araribá vai promover ações de conscientização alimentar e da cidadania.

13/06/2019 | 22:06
Vista aérea do Parque das Mangabeiras, durante o dia. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana, nos dias 15 e 16/6. 

13/06/2019 | 18:54