Pular para o conteúdo principal

Cinco homens capinando o chão para plantar mudas, durante o dia.
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura promove plantio de árvores com participação de voluntários

27/11/2018 | 21:15 | atualizado em 28/11/2018 | 14:01

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou no último sábado, dia 24 de novembro, o plantio de mudas de árvores. Com a participação de voluntários da região, 350 mudas de espécies nativas foram plantadas no Parque Fernando Sabino, localizado na Serra do Engenho Nogueira. A ação faz parte do programa Montes Verdes.

 

Antes do plantio, houve preparação do terreno, com perfuração das covas, roçada para facilitar o acesso aos pontos de plantio, transporte de mudas e adubo orgânico — produzido pela Superintendência de Limpeza Urbana. As mudas foram produzidas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade/ Floresta Nacional de Passa Quatro e pela Fundação de Parques e Zoobotânica. O projeto Montes Verdes disponibilizou todas as ferramentas necessárias ao plantio das mudas. Foram fornecidos, também, os tutores e adubo químico para apoiar o desenvolvimento das mudas.

 

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Mário Werneck, o envolvimento da sociedade civil em ações voluntárias é fundamental para alcançarmos o engajamento necessário para efetivar ações de recuperação ambiental. “Vamos estudar uma forma de ampliar o voluntariado de pessoas que desejam de fato trabalhar com a recuperação do meio ambiente. Em áreas degradadas, além da atuação da Prefeitura, é necessário sempre o engajamento da população, principalmente das pessoas que moram próximo a essas áreas”, relatou.

 

Ao final de cinco horas de trabalho, foram plantadas mudas de Mata Atlântica e Cerradas, como embaúbas, ipês amarelos, pau viola, saboneteira, pata de vaca, jatobá, ingá e outras 50 espécies. Desde 2017, o Projeto Montes Verdes já plantou 8.200 mudas de espécies nativas em duas áreas da Serra do Engenho Nogueira, incluindo o Parque Fernando Sabino.

 

A ação voluntária organizada é mais uma etapa do Projeto Montes Verdes, em que o propósito é induzir a recuperação e revegetação de áreas verdes degradadas ou antropizadas em Belo Horizonte. “A ideia é estabelecer várias modalidades de ações voluntárias organizadas seja de instituições públicas, privadas, igrejas, associações e outras, voltadas a executar, de forma bem planejada e organizada, ações de plantio e recuperação de áreas verdes na capital”, explicou um dos idealizadores do Projeto, Wanderson Marinho.