Pular para o conteúdo principal

Prefeitura promove evento de conciliação para contribuintes em débito com o ITBI

30/11/2018 | 19:12 | atualizado em 18/12/2018 | 20:08

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda, em parceria com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), promove, na próxima semana, o Evento de Conciliação de Créditos Fiscais.

 

Realizados no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Belo Horizonte (avenida Francisco Sá, 1.409, Gutierrez), e coordenados pelo juiz Clayton Rosa de Resende, os atendimentos acontecerão de 3 a 7 de dezembro, das 8 às 17h30. Os contribuintes foram convidados por meio de correspondências enviadas pelos Correios.

 

Diretor de Arrecadação, Cobrança e Dívida Ativa da Secretaria Municipal de Fazenda, Yuri Max Barbosa Souto explica que o evento de conciliação será uma oportunidade de o contribuinte em débito com o município quitar sua dívida. “Na oportunidade, a Prefeitura de Belo Horizonte vai esclarecer sobre a natureza e a origem dos débitos dos contribuintes junto ao Município e quanto às possibilidades de regularização. A conciliação é simples e rápida”, afirma Yuri Souto.

 

Segundo o diretor de arrecadação, o evento de conciliação deve atender mais de 1.500 contribuintes inscritos na dívida ativa da Prefeitura em débito com o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). “Nas três últimas edições do evento, mais de 3.000 contribuintes foram atendidos. Neste evento, a estimativa é de recuperar cerca de R$ 8 milhões como consequência das audiências de conciliação”, diz.

 

“A partir da inscrição do débito em dívida ativa, procuramos alertar e estimular os contribuintes a pagar seus débitos por meio de notificações, guias e avisos por via postal, por SMS, ou ainda, por meio de aplicativos de Instituições Financeiras e do DECORT-BH, assim como priorizamos a utilização de nossa Central de Cobrança Telefônica e das Audiências de Conciliação em parceria com o TJMG. Caso, ainda assim, não haja o pagamento dos débitos, poderemos utilizar o protesto extrajudicial e a execução fiscal para recuperar os valores devidos ao Município”, esclarece Yuri Souto.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Mulher manuseando sistema criado por ela em laboratório da Prodabel Laboratório Aberto cria sistema que facilita passagem de ambulâncias e viaturas
Estudante de Ciência da Computação e estagiária na Prodabel criou sistema que permite a comunicação entre veículos e os semáforos de BH
19/02/2019 | 16:52
Fachada do casarão do Museu Histórico Abílio Barreto, durante o dia. Museu Histórico Abílio Barreto celebra 76 anos com apresentação musical

Apresentação do grupo musical Andrea Amati Quarteto, no domingo, dia 17/2, às 11h30, celebra aniversário do Museu Histórico Abílio Barreto.

15/02/2019 | 19:59