Pular para o conteúdo principal

Mãos partem cigarro no meio, à esquerda, os dizeres: "Dia Mundial Sem Tabaco".
Arte: PBH

Prefeitura promove ação para marcar o Dia Mundial sem Tabaco na sexta, dia 31/5

30/05/2019 | 20:54 | atualizado em 31/05/2019 | 15:45

Nesta sexta-feira, dia 31 de maio, é comemorado o Dia Mundial sem Tabaco. Para alertar a população sobre os riscos do consumo, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promove uma ação alusiva ao tema, das 8h às 11h, na portaria da Unidade de Referência Secundária Padre Eustáquio (rua Padre Eustáquio, 1.951). O Dia Mundial sem Tabaco foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde para alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. Em 2019, o tema é Tabaco e a Saúde Pulmonar.

 

Na ação, serão distribuídos materiais informativos sobre como parar de fumar e cartilhas de promoção à saúde. Os fumantes com interesse em parar de fumar poderão fazer testes para avaliar o nível de dependência física e psicológica à nicotina. Também será realizado teste com monoxímetro, que é um aparelho que mede o nível de contaminação do pulmão por monóxido de carbono. Para os tabagistas que ainda não desejam cessar o hábito, será oferecida uma sensibilização, conhecida como Abordagem Breve, que orienta sobre os riscos do consumo do tabaco e formas de tratamento. Haverá também apresentação de Lian Gong e rodas de conversa nas salas de espera da unidade.

 

A ação tem como objetivo identificar usuários e funcionários tabagistas, sensibilizar sobre os malefícios do tabagismo e benefícios da cessação, além de referenciar os participantes com interesse em parar de fumar para as unidades de saúde da Prefeitura, após aplicação dos testes.

 

 

Tratamento gratuito

Belo Horizonte oferece tratamento gratuito para quem quer parar de fumar por meio do Programa de Controle do Tabagismo. O atendimento é feito no centro de saúde de referência do usuário. O programa orienta o usuário motivado a parar de fumar a participar de uma palestra motivacional, que é uma sensibilização em que são explicados os danos causados pelo tabagismo, vantagens da cessação e etapas da abordagem intensiva.

 

Após participação na palestra, o usuário deverá passar por uma consulta clínica com profissionais de saúde, quando será verificado o nível de dependência física e psicológica à nicotina, histórico tabagístico, grau de motivação, indicação de farmacoterapia, entre outros fatores. Após esse momento, o usuário é inserido na Abordagem Intensiva preferencialmente na modalidade coletiva, podendo, em casos específicos, ser realizada abordagem individual, com sessões estruturadas de terapia cognitivas comportamental.

 

O modelo de Abordagem Intensiva Coletiva é composto 10 por sessões terapêuticas, durante seis meses de acompanhamento, sendo que nas primeiras semanas, os encontros são semanais, depois quinzenais e posteriormente, mensais. Os interessados devem procurar o seu centro de saúde para mais informações.


Últimas Notícias

Duas crianças estão de pé, segurando suas bicicletas, acompanhadas por adulto, também de pé. Ao fundo, pessoas passeiam, durante o dia. Bossa nova, blues, jazz e carnaval no BH é da Gente do dia 17/11

Apresentações musicais, oficina de circo, circuito de bike e brincadeiras tradicionais são as atrações do BH é da Gente do dia 17/11.

14/11/2019 | 19:03
Mapa da operação de trânsito Operação especial na Rodoviária em função do feriado de 15/11

A BHTrans realiza, de 13 a 18/11, intervenções operacionais no trânsito na região da Rodoviária organizar e garantir a fluidez de veículos.

12/11/2019 | 16:06