Pular para o conteúdo principal

Dez crianças de idade entre 4 e 5 anos lendo livros infantis.
Foto: Viviane Maia

Prefeitura leva 10 mil alunos ao Salão do Livro em agosto

11/08/2017 | 18:20 | atualizado em 18/08/2017 | 08:02

Na próxima semana, o Parque Municipal ficará tomado por inúmeras opções de boas leituras: acontece entre os dias 15 e 20 de agosto o Salão do Livro Infanto Juvenil de Belo Horizonte. Entre os milhares de visitantes que vão passear entre os caminhos do Parque em busca de boas obras literárias estarão cerca de dez mil estudantes da Rede Municipal de Educação (RME-BH). As visitas vão acontecer a partir do dia 16, tanto para alunos das Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis), de escolas do Ensino Fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Durante as visitas, os estudantes poderão visitar os estandes das editoras e cada um terá a chance de escolher um título para levar de volta para a escola.

 

Todos os estudantes vão receber um vale-leitura, que possibilitará a aquisição de um livro no valor de R$20 que vai voltar para a escola com o estudante. A visita ao Salão e a escolha do livro marcam o início de um projeto literário que acontecerá em cada escola ao longo do segundo semestre deste ano. As turmas que visitarem o Salão serão convidadas a participar do jogo Trilhas da Leitura, criado pela Secretaria Municipal de Educação para incentivar a leitura dos livros escolhidos, a troca dos livros entre os alunos e, ao final do processo, a doação de um título de escolha do aluno para cada um deles.

 

O objetivo da Secretaria é que a visita ao Salão seja muito mais que um passeio, mas um momento de incentivo para a criação de ações efetivas de leitura nas escolas e um processo de formação de novos leitores. Além da escolha dos livros, os estudantes poderão visitar todos os demais espaços da feira, incluindo um estande da Smed, no qual vão poder conferir títulos literários criados em projetos da Secretaria, como a Jornada Literária, e ainda participar de um jogo interativo no qual vão poder responder perguntas sobre literatura.

 

Salão do livro

Considerado o maior evento literário do Estado, o Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais tem por objetivo valorizar o livro como bem cultural cujo acesso deve ser universalizado em todo o Estado; reforçar a importância da literatura infantil e incentivar a formação do hábito de leitura nessa idade em que todos os hábitos se formam, além de promover sua continuidade por toda a juventude.
 

Em sua terceira edição, pela primeira vez o evento será realizado no Parque Municipal Além de uma feira com mais de 30 expositores, representando diversas editoras, o evento conta uma programação com oficinas, apresentações artísticas, lançamentos de livros e palestras, que contempla também o público adulto.
 

A expectativa é que essa edição receba mais de 100 mil visitantes durante os seis dias de evento.
 

Trilhas da Leitura

A visita ao Salão do Livro dá início ao jogo Trilhas da Leitura. Parte do Programa Leituras em Conexão, que orienta as ações pedagógicas da Smed na Rede Municipal, o jogo propõe desafios de leitura para cada aluno e também para a turma, como um todo. O objetivo do jogo é que o aluno complete sua lista de tarefas e a partir do sucesso dos alunos, a turma também consegue completar sua trilha.

 

O jogo propõe ações diversas, como a própria visita ao Salão, a leitura do livro escolhido no evento, uma feira de trocas entre estudantes e até visitas à biblioteca da escola. Cada aluno recebe o seu passaporte da leitura e a turma ganha um “tabuleiro” com a lista de tarefas. Quando a maior parte da turma consegue completar uma das tarefas, a sala ganha um carimbo que confirma que a atividade foi concluída. A turma que consegue completar a lista de 12 tarefas do jogo ganha, ao final, um certificado de “Turma Leitora”, que será entregue pela Secretaria.

 

“O objetivo do jogo é tornar a leitura mais divertida e instigar os estudantes da Rede a se tornarem ávidos leitores. Esperamos que ao final do ano, nossos alunos tenham se engajado e tenham ido muito além das atividades propostas no tabuleiro. Detalhe: o formato da trilha repete um símbolo existente na marca do Programa Leituras em Conexão, o infinito, afinal de contas, essa é uma trilha que podemos percorrer quantas vezes quisermos, pois ler nunca é demais”, afirma Ricardo Miranda, gerente da Rede de Bibliotecas Escolares.

 

Salão Virtual 

No Salão do Livro montado no Parque Municipal, cerca de 10 mil alunos terão a chance de visitar, mas virtualmente as portas do Salão estarão abertas para todos os estudantes da Rede Municipal. A Secretaria de Educação articulou com a Câmara Mineira do Livro a criação de um Salão Virtual, no qual os estudantes poderão conhecer os acervos das editoras, escolher títulos e também participar do projeto literário Trilhas da Leitura.
 

Leituras em Conexão

Facilitar o acesso à leitura e desenvolver o gosto por ela são um dos princípios e um dos objetivos do Programa Leituras em Conexão lançado pela Secretaria Municipal de Educação este ano. O Programa busca fortalecer atividades já existentes, além de incentivar a criação de outras práticas ao longo de toda trajetória estudantil, do Ensino Infantil à Educação de Jovens e Adultos (EJA).Cada laço que se estabelece com leitura, seja no ambiente escolar, seja em casa é importante como ressalta a secretária de Educação Ângela Dalben.

Últimas Notícias

BH em Pauta: Belo Horizonte na tela do Brasil

Belo Horizonte é a atração de edição especial de fim de ano do programa da apresentadora Angélica, da Rede Globo.

20/10/2017 | 17:13

Hospital Célio de Castro abre processo seletivo

Doze profissionais das áreas da Saúde, Comunicação e Administração serão selecionados; edital também prevê enfermeiros como reserva técnica.

19/10/2017 | 19:04