Pular para o conteúdo principal

Fachada do Centro de Saúde Menino Jesus
Foto: divulgação/PBH

Prefeitura investe em mais de 200 obras em Centros de Saúde

10/12/2019 | 12:31 | atualizado em 10/12/2019 | 18:41

Mais espaço e comodidade para usuários e trabalhadores dos Centros de Saúde da capital. Desde 2017 a Prefeitura já investiu em mais de 200 obras de construção, reforma e revitalização de unidades. Os trabalhos são realizados pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital e pela Gerência de Manutenção e Engenharia Clínica da Secretaria Municipal de Saúde.

“Temos trabalhado para melhorar os serviços oferecidos para a população, e a parte física das unidades contribui para o atendimento mais humanizado, além de garantir mais conforto para os nossos trabalhadores”, afirma Jackson Machado Pinto, secretário municipal de Saúde.

Uma importante obra de reforma e ampliação foi feita no Centro de Saúde Cafezal, na regional Centro-Sul. “Foi da água para o vinho. O espaço está maravilhoso, os funcionários mais felizes e a população mais acolhida”, afirmou Marina Amaral, usuária da unidade. Localizado no aglomerado da Serra, uma das áreas com maior vulnerabilidade de Belo Horizonte, o Centro de Saúde Cafezal é referência para mais de 11 mil pessoas.

Com as obras, a unidade mais que dobrou de tamanho – de 297 m² para 720 m². Atualmente, o centro conta com 10 consultórios. Houve reforma da sala de espera, farmácia, recepção, implantação de sala de atendimento de grupos, de vacina, de curativo e sala de reuniões com banheiro para o público. Também foram realizadas adequações de espaço para a zoonoses e para implantação da área administrativa. A unidade conta com quatro equipes de Saúde da Família, psicólogo, assistente social, clínico de apoio e dentistas.


Melhora de estrutura


O superintendente da Sudecap, Henrique Castilho, reforça a importância das obras para a cidade. “Estamos investindo em reformas das unidades com o objetivo de melhorar a estrutura. São pequenos serviços de pintura, tratamento de infiltração, manutenção elétrica e hidráulica que promovem grandes melhorias aos usuários e trabalhadores”.

Outro exemplo vem da regional Venda Nova, onde o Centro de Saúde Alameda dos Ipês ganhou nova sede e funciona agora na rua Ministro Oliveira Salazar, 1.186, no bairro Santa Mônica. Na antiga sede eram 11 salas, sendo cinco consultórios. Agora, são 22 salas e 14 consultórios. Com a área física mais ampla, o atendimento de odontologia é realizado no próprio centro de saúde. Antes, devido à limitação de espaço, era feito na unidade Santa Mônica.

O Centro de Saúde Menino Jesus, na Regional Centro-Sul, também passou por melhorias. O serviço funciona agora em nova sede, na rua Congonhas, 692, no bairro Santo Antônio. O espaço, de 317 m², foi reformado para sediar a unidade, melhorando a estrutura física. O centro de saúde conta agora com seis consultórios, dois a mais que o antigo, e um consultório para consultas de enfermagem, salas de observação, vacina, curativo, farmácia e zoonoses, além de salas administrativas. Outra novidade é que, com a ampliação do espaço, a unidade conta agora com dois consultórios odontológicos.

 

10/12/2019. Reformas em Centros de Saúde. Fotos: Divulgação/PBH


Últimas Notícias

#Vá de ônibus: Cruzeiro x Boa Esporte, 22/1, 21h30 Operação de trânsito e transporte para o jogo Cruzeiro x Boa Esporte, dia 22

Será disponibilizada a linha 55 – MOVE Mineirão, saindo da Estação Rio de Janeiro (Plataforma 1B – avenida Santos Dumont).

21/01/2020 | 15:20
Pessoa com o braço esticado fazendo o teste de hanseníase Prefeitura promove ações para alertar sobre sinais e sintomas da Hanseníase

As atividades vão se estender até 20 de fevereiro e têm objetivo de alertar a sociedade civil sobre os sinais e sintomas da doença.

17/01/2020 | 17:28