Pular para o conteúdo principal

Prefeitura inicia Operação Natal Seguro intensificando ação da Guarda Municipal

03/12/2018 | 19:00 | atualizado em 04/04/2019 | 10:42
A Operação Natal Seguro deste ano, promovida pela Prefeitura de Belo Horizonte, teve início nesta segunda-feira, dia 3 de dezembro, com o reforço das equipes da Guarda Municipal que atuam no Programa Sentinela, no Hipercentro da capital, e na Operação Viagem Segura. Cumprindo seu papel de exercer o policiamento comunitário preventivo da cidade, somando esforços com as demais forças de segurança pública, a corporação intensificará sua presença nas praças Sete, da Estação e agora também na Praça Vaz de Melo, na Lagoinha, onde manterá, inclusive, um posto de segurança avançado, denominado Unidade de Segurança Preventiva, como ponto de apoio. O objetivo principal é evitar os furtos e roubos praticados contra pedestres.


Até o final do ano, os guardas municipais farão a distribuição de folhetos com dicas importantes de autoproteção contra o ataque de ladrões e também contra a ação de golpistas, que costumam se aproveitar do período que antecede o Natal e o Ano Novo. O aumento do número de pessoas nas ruas e a maior circulação de dinheiro no comércio, devido às promoções feitas pelas lojas para estimular a compra de presentes, tornam necessário que a atenção de cada cidadão seja redobrada.



Comportamento seguro

Um dos folhetos que estão sendo distribuídos tem como foco os cuidados que devem ser tomados para ser um CIDADÃO SEGURO. Nele é destacada a importância de estar sempre atento ao que ocorre ao seu redor, evitando usar fones de ouvido ou qualquer outro acessório que cause distração. Observar sempre a aproximação de pessoas em atitude suspeita, evitar usar o celular na rua, não portar grandes quantias em dinheiro e trazer sempre a bolsa e os objetos de valor junto ao corpo e nos bolsos dianteiros, respectivamente, também fazem parte das dicas.


Outro folheto alerta o cidadão para o fato de que comprar um produto furtado ou roubado se configura em crime de receptação. A compra de produtos pirateados e mercadorias vendidas sem nota fiscal também entra na lista de atitudes a serem evitadas.



Desordem

O posto avançado, caracterizado pela Unidade de Segurança Preventiva da Guarda ficará estacionado na Praça Vaz de Melo, no Complexo da Lagoinha, possibilitando aos agentes estender o patrulhamento para a área que vai desde a passarela do metrô até a Praça do Peixe. Equipado com computador, acesso à internet e câmeras que possibilitam retransmitir imagens locais em tempo real ao Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH), a unidade dispõe de infraestrutura adequada para garantir o bem-estar dos agentes de segurança, que terão entre suas tarefas cuidar também da manutenção da ordem pública, no combate a flanelinhas, entre outras irregularidades, e prestando dicas e orientações de segurança ao cidadão.