Pular para o conteúdo principal

Fachada do Museu de Arte da Pampulha, durante o dia.
Foto: Mariane Botelho

Prefeitura estimula valorização dos museus com projeto Formações na Pampulha

14/08/2019 | 15:45 | atualizado em 09/09/2019 | 09:29

O Museu de Arte da Pampulha, o Museu Casa Kubitschek e a Casa do Baile integram o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que atrai pessoas de todo o mundo por envolver arquitetura, arte e paisagem de maneira singular.

 

Os três equipamentos museais são mantidos e gerenciados pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura que, para fortalecer o trabalho integrado entre os museus, estabeleceu diretrizes comuns de preservação, difusão e valorização desse patrimônio cultural, como é o caso dos encontros “Formações na Pampulha”.

 

“Formações na Pampulha” é uma ação conjunta entre os equipamentos que promove encontros de formação com professores, educadores, estudantes e interessados nas áreas do patrimônio, das artes, da arquitetura, do paisagismo, do design e da educação. A ação é parte do Programa de Ações Educativas Integradas no Território Pampulha, que visa manter e valorizar a identidade de cada equipamento e, ao mesmo tempo, trabalhar de forma articulada, dinamizando a programação cultural e favorecendo as múltiplas leituras da região.

 

De acordo com a diretora de museus da Fundação Municipal de Cultura, Letícia Dias, a proposta dos encontros formativos traz uma visão que se diferencia, principalmente, pela interdisciplinaridade. “Abordar as áreas do patrimônio, artes, arquitetura, paisagismo, design e educação demonstra uma compreensão da Pampulha como território no qual essas temáticas se entrelaçam. É uma oportunidade de promover ações continuadas com a comunidade que dialogam com as exposições e os acervos apresentados pelos equipamentos culturais", afirma.

 

Segundo Letícia, por meio do diálogo com as atrações dos museus, os encontros geram experiências, investigações e reflexões a respeito do território Pampulha. Os encontros são ministrados pela equipe técnica das instituições e por profissionais convidados. No primeiro semestre de 2019, Formações na Pampulha realizou três encontros: em abril, na Casa do Baile; em maio no Museu Casa Kubitschek; e em junho, no Museu de Arte da Pampulha. Os próximos, do segundo semestre, serão em agosto e setembro, novamente na Casa do Baile.

 

 

Programação 2019

 

30 de agosto, às 14h

Formação: As diversas paisagens da Pampulha

A palestra abordará o conceito de paisagem, passando pela Unesco e focando na abordagem mais ampla da Convenção Europeia da Paisagem (CEP), mostrando como a paisagem pode restabelecer a conexão do homem com o meio.

Ministrante: Laura Lage

Local: Casa do Baile - Inscrições abertas

Informações: (31) 3277-7443 e cb.fmc@pbh.gov.br

 

27 de setembro, às 14h

Formação: De perto e de dentro - mapeamento de vizinhança

Sobre a pesquisa e produção de mapeamentos coletivos que, para além dos diagnósticos urbanos que pretendem detectar problemas, se propõem a identificar potencialidades e redes de colaborações pré-existentes nos territórios de atuação.

Ministrante: Coletivo Micrópolis

Local: Casa do Baile -  Inscrições abertas

Informações: (31) 3277-7443 e cb.fmc@pbh.gov.br

 

Como chegar

Casa do Baile – Avenida Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha / Ônibus 5401 (MOVE). Descer no Carrefour do bairro São Luís e andar dois quarteirões em direção à Lagoa da Pampulha.

 

 

14/08/2019. Formações na Pampulha. Fotos: Divulgação/FMC


Últimas Notícias

Em uma ponta da quadra preparada para o jogo de vôlei sentado, Gabriel posa para foto. Atleta do Superar é convocado para a Seleção Brasileira de voleibol sentado

Gabriel Franklin Silva Amaral foi convocado a participar da 6ª Semana de Treinamento da Seleção Brasileira masculina de voleibol sentado.

14/10/2019 | 20:12
Homem, de pé, toda violão, acompanhado de mais de trinta pessoas idosas, tocando instrumentos musicais, sentadas, e outras vinte em pé, cantando. Semana de Valorização da Pessoa Idosa reúne quase dois mil participantes

Desde o dia 1/10, uma série de oficinas e apresentações culturais gratuitas vem sendo realizadas em diversos espaços  da cidade.

14/10/2019 | 18:32