Pular para o conteúdo principal

Mulher aparece de costas, sentada à frente de um computador, acessando serviços digitais da Prefeitura
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

Prefeitura dá início à implantação do projeto PBH Digital para melhorar serviços

28/08/2019 | 20:30 | atualizado em 29/08/2019 | 16:08

Com o objetivo de avançar nos processos de simplificação, desburocratização e transformação digital do serviço público municipal, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, deu início ao planejamento e execução do projeto PBH Digital. Trata-se de uma plataforma virtual que permitirá o gerenciamento de processos de negócios, o gerenciamento eletrônico de documentos e a gestão de relacionamento com o cidadão.

 

A proposta, segundo o diretor da Central de Atendimento ao Cidadão, Fernando de Pádua, é que se tenha uma visão unificada e sistêmica dos processos da administração municipal. “A solução permitirá o compartilhamento e a gestão de fluxos internos em uma única interface. Com isso, servidores envolvidos terão mais facilidade no processamento, consulta e gestão de demandas e cidadãos poderão resolver, a cada dia, um número maior de demandas sem precisar sair de casa, com mais rapidez e transparência”, destacou o diretor.

 

Nesta primeira etapa, 30 processos de negócios serão inseridos à solução e a estimativa é que todos estejam implementados até o segundo semestre de 2020. Os primeiros dessa lista serão os relacionados à Ouvidoria e à Lei de Acesso à Informação, que deverão estar disponíveis neste novo formato em novembro deste ano. Para dar início aos trabalhos, uma reunião com gestores da Controladoria- Geral do Município, que cuida dessas duas áreas, aconteceu neste mês. Durante o encontro, foram apresentados o escopo do projeto, a metodologia de trabalho, bem como os cronogramas de entregas.

 

De acordo com a diretora de Ouvidoria, Aline Mendes Cerqueira, o sistema único facilitará o trabalho diário de quem atua na pasta e de quem a demanda. “Um único ambiente para resgatar todo o histórico do cidadão diante de uma solicitação permitirá uma melhor interação e resolutividade do problema”, disse. “Essa nova tecnologia vai sanar deficiências, trazer maior interatividade e transparência ao cidadão, que terá mais facilidade para fazer o pedido, anexar documentos necessários e acompanhar toda demanda on-line”, afirmou o diretor de Transparência, Virgílio Queiroz. Processos relacionados ao IPTU, ITBI, Licenciamento Ambiental, Fiscalização, entre outros, também deverão integrar a nova solução corporativa.


Últimas Notícias

Rapaz conversa com mulher, ambos sentados, com um computador ao meio, em imagem desfocada. À frente, com foco, carteira de trabaho. Sine Belo Horizonte oferece 58 vagas para segunda-feira, dia 16/9

São 48 vagas para pessoas com experiência, 3 exclusivas para pessoas com deficiência com experiência e 7 para pessoas sem experiência.

13/09/2019 | 19:39
Cinco pessoas sentadas, próximas a aparelhos de  ginástica, à direita, uma quadra poliesportiva com grade, à esquerda, grama e flores à frente e árvores atrás, durante o dia. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Nos dias 14 e 15/9, vários eventos gratuitos, incluindo brincadeiras, jogos e artes marciais, acontecem na cidade. 

12/09/2019 | 20:02