Pular para o conteúdo principal

Homem fala ao microfone

Prefeitura apresenta avanços na desburocratização de serviços

26/11/2019 | 12:45 | atualizado em 26/11/2019 | 12:45

Na próxima sexta-feira (29) servidores da Prefeitura de Belo Horizonte promovem duas palestras para profissionais liberais e associados do Sindicato das Empresas de Consultoria, Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e Empresas de Serviços Contábeis no Estado de Minas Gerais. Servidores das secretarias municipais de Fazenda; de Desenvolvimento Econômico; e de Planejamento, Orçamento e Gestão representarão a PBH.

 

O encontro, realizado no auditório do Sescon/MG (avenida Afonso Pena, 748, Centro), vai abordar, em dois painéis, o Programa de Melhoria do Ambiente de Negócios (MAN) e, também, as Principais Alterações Introduzidas pelo Novo Regulamento do ISSQN (Decreto Municipal 17.174/2019).

 

No primeiro painel, o subsecretário da Receita Municipal, Eugênio Veloso, a subsecretária de Assuntos e Investimentos Estratégicos, Cristiane Serpa, e a diretora de Projetos Corporativos da Subsecretaria de Modernização da Gestão, Milla Fernandes, vão mostrar aos associados do Sescon o Programa de Melhoria do Ambiente de Negócios (MAN), implantado pela Prefeitura em 2017.

 

O principal objetivo do MAN é o aumento da produtividade e da competitividade das empresas para a geração de empregos em Belo Horizonte, com a atração de investimentos para a cidade e a revisão de processos de licenciamento e regularização.

 

Novo ISSQN

 

O segundo painel do encontro no auditório do Sescon/MG terá a presença do auditor-fiscal de tributos municipais, Frederico George da Fonseca, e do gerente de Normas e Tributação da Subsecretaria da Receita Municipal, Edmar Damasceno, que apresentarão o novo Regulamento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), publicado pela Prefeitura em setembro deste ano.

 

O subsecretário da Receita Municipal, Eugênio Veloso, destaca que o novo Regulamento busca a desburocratização, por meio da atualização, modernização e simplificação das normas vigentes em Belo Horizonte.

 

“O antigo Regulamento do ISSQN, de setembro de 1981, encontrava-se defasado. Do ponto de vista da racionalização e simplificação do sistema tributário do Município, o novo documento condensa normas que se encontravam espalhadas em dez decretos distintos, além de uma portaria e cinco instruções de serviço. A unificação permitiu que o entendimento do Fisco belo-horizontino acerca de diversos temas polêmicos relativos ao imposto municipal seja mais transparente e de fácil acesso por parte de contribuintes, contabilistas, advogados e dos próprios servidores da Administração Tributária do Município”, afirma Eugênio Veloso.


Últimas Notícias

Agentes da Defesa Civil em atendimento na Vila Biquinhas Prefeitura atende 474 chamados em razão das chuvas nas últimas 36 horas

Assim como no dia anterior, moradores do Barreiro foram os que mais acionaram a Defesa Civil, totalizando 53 chamados nesta sexta-feira.

24/01/2020 | 19:10
Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o procurador-geral de Justiça Antônio Sérgio Tonet e o prefeito Alexandre Kalil Ministra Cármen Lúcia visita gabinete do prefeito no COP

O encontro foi realizado no Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH), para onde o prefeito transferiu seu gabinete.

24/01/2020 | 14:23