Pular para o conteúdo principal

Caixas de frutas e legumes, como tomate, abobrinha e melancia, empinhadas.
Foto: Patrícia Nogueira/PBH

Prefeitura amplia Banco de Alimentos e mais instituições serão beneficiadas 

17/06/2019 | 20:19 | atualizado em 19/06/2019 | 15:40
A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, está cadastrando instituições socioassistenciais interessadas em receber doações do Banco de Alimentos. A ação tem como objetivo combater o desperdício de alimentos.

 

Para receber as doações, a instituição deve estar cadastrada no Banco de Alimentos, ter caráter filantrópico ou de utilidade pública e dispor de meio de transporte para a coleta dos alimentos, além de ter condições mínimas para acondicionamento e preparo. Outra exigência é participar de cursos, oficinas e palestras de capacitação e treinamento na área de segurança alimentar e nutricional.

 

A documentação para cadastro deve ser enviada por e-mail (bancodealimentos@pbh.gov.br) ou entregue pessoalmente no Banco de Alimentos (rua Tuiuti, 888, bairro Padre Eustáquio), de segunda a sexta, das 8h às 18h. A conclusão do cadastro, válido por dois anos, ocorre após visita técnica na instituição.

 

 

Ampliação

Este ano o Banco de Alimentos ampliou a sua capacidade de atendimento, em função do aumento da arrecadação das instituições doadoras. Em 2018, foram doadas mais de 210 toneladas para as instituições parceiras. O programa beneficia, em média, cerca de seis mil pessoas por semana. Supermercados, sacolões, centrais de distribuição, restaurantes e outros bancos de alimentos da região metropolitana de Belo Horizonte compõem a rede de parceiros, que conta com mais de 24 doadores.

 

O Banco recebe doações de alimentos que perderam o valor para o comércio, mas que ainda estão adequados para o consumo como frutas, legumes e verduras; frios e laticínios; carnes e derivados. Alimentos não-perecíveis como grãos e cereais, enlatados e conservas, biscoitos, pães e massas também são doados pelas instituições.

 

O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na rua Tuiuti, 888, Padre Eustáquio. Os telefones para contato são o 3277-4781 e 3277-5713.

 

 

Documentos Necessários

  • Estatuto Social
  • Ata da fundação e da última eleição da diretoria
  • Comprovante de Inscrição no CNPJ
  • CI e CPF do responsável
  • Relatório de atividades desenvolvidas e como o alimento será utilizado
  • Lista de atendidos (nome e data de nascimento)
  • Comprovante de inscrição no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) (Documento não obrigatório)

Últimas Notícias

Equipe de Vôlei sem Limites, acompanhada de dois membros da equipe técnica, em quadra poliesportiva. Equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência disputa Campeonato

Campeonato Brasileiro será disputado, em São Paulo, por equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência, com apoio da Prefeitura. 

17/09/2019 | 20:22
Jovem pinta favela em módulos quadrados no chão. PBH contribui com formação de jovens de áreas vulneráveis

Educação, arte e cultura fazem parte da formação de jovens moradores de áreas vulneráveis, por meio do Projovem. 

17/09/2019 | 19:05