Pular para o conteúdo principal

Imagem de livros refletindo em uma janela
Foto: Ricardo Laf

Prefeitura abre inscrições para Concurso Literário Prêmio Cidade de BH

11/12/2020 | 18:04 | atualizado em 16/12/2020 | 16:54

A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura lançaram o edital do Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte 2020. O concurso está entre os mais tradicionais do país e visa valorizar e fomentar a produção literária nacional, com premiação de obras inéditas em língua portuguesa. Nesta edição, serão contempladas obras nas categorias Poesia e Conto. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas desta sexta-feira, dia 11, até 31 de janeiro de 2021. O edital foi publicado no Diário Oficial do Município e pode ser consultado no portal da Prefeitura. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail premiocbh@pbh.gov.br.

 

Os envelopes com a documentação e as propostas técnicas poderão ser entregues na sede da Fundação Municipal de Cultura ou postadas pelos Correios. A entrega presencial obedecerá aos protocolos sanitários de prevenção ao contágio pela Covid-19  e deverá ser realizada de segunda a sexta-feira, exceto feriados e pontos facultativos, nos horários de 10h às 12h e das 14h às 17h, na rua da Bahia, 888, 12º andar, sala 1205, Centro, Belo Horizonte - MG, CEP 30.160-011. Os envelopes postados pelos Correios devem ser destinados ao endereço especificado.

 

A secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, destaca a importância do Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte dentro das políticas públicas de promoção da leitura, da literatura, do livro e das bibliotecas do município.

 

“Ao longo da sua trajetória, o prêmio revelou grandes escritores e escritoras, que hoje são reconhecidos e considerados referência pela qualidade da sua produção literária. Entre eles, figuram nomes como Adão Ventura, Carlos Herculano Lopes, Antônio Barreto, Luis Giffoni, Roseana Murray, Maxs Portes e muitos outros talentos mineiros”, destaca.

 

Criado em 1947, na comemoração do cinquentenário da capital, é o concurso literário mais antigo do país. Um de seus principais atributos é o fato de premiar apenas obras inéditas. A cada edição, o prêmio revela novos escritores e obras, dando visibilidade à produção literária. As categorias premiadas são alternadas a cada ano entre Dramaturgia e Romance ou Conto e Poesia. Para participar do concurso, é preciso ser brasileiro nato ou naturalizado ou estrangeiro residente no país. A obra vencedora em cada categoria receberá o prêmio de R$ 25 mil.