Pular para o conteúdo principal

Prefeito Alexandre Kalil em seu gabinete com representantes da BH em Ciclo, BHTRANS, Sudecap, Secretaria de Planejamento Urbano, Secretaria de Meio Ambiente, Serttel,representantes da Câmara Municipal de Belo Horizonte
Foto: BH em Ciclo

Plano de Mobilidade por Bicicleta é apresentado à Prefeitura

19/07/2017 | 17:38 | atualizado em 24/07/2017 | 07:53

O prefeito Alexandre Kalil recebeu nesta terça-feira, dia 18, o Plano de Mobilidade por Bicicleta 2017/2020, que têm o objetivo de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte em Belo Horizonte. O prefeito aprovou o plano e disse que irá levá-lo à Secretaria de Planejamento e Finanças. Após vários estudos e reuniões do grupo de trabalho “GT Pedala”, formado por técnicos da BHTrans e ciclistas de Belo Horizonte, o Plano foi desenvolvido, atendendo a demanda da Prefeitura. Além da BHTrans, o planejamento contou com a participação da Associação dos Ciclistas Urbanos de Belo Horizonte, BH em Ciclo, Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento Urbano e Sudecap.
 

O plano é composto por mais de cem ações, previstas para serem realizadas durante o atual mandato. Elas são divididas em infraestrutura e circulação, integração modal e bicicletas compartilhadas, comunicação, educação, mobilização, governança, produção de dados, transparência, legislação e financiamento.
 

Atualmente, Belo Horizonte possui aproximadamente 83 km de ciclovias. O Plano prevê a expansão das ciclovias, atingindo, até 2020, 411 km. Com isso, a expectativa é de que 6% de todos os deslocamentos da capital sejam realizados por meio da bicicleta.
 

Também está prevista a implantação de bicicletários no metrô e nas estações de integração do Move, a manutenção da rede cicloviária existente, a implantação de paraciclos nas escolas municipais e campanhas educativas. Outra ação que merece destaque é a implantação do projeto “Zona 30”, que visa limitar a velocidade máxima de algumas vias da capital a 30 km/h, de forma a estimular o compartilhamento dos espaços entre carros, bicicletas e pedestres, tornando as vias mais seguras para todos.
 

O presidente da BHTrans, Celio Freitas Bouzada, enfatiza que o Plano de Mobilidade por Bicicleta 2017/2020 é mais um compromisso do plano de governo. De acordo com Eveline Trevisan, coordenadora de sustentabilidade e meio ambiente da BHTrans, o Plano é muito bom, coerente e ancorado no Plano de Mobilidade de Belo Horizonte – PlanMob-BH. "A reunião com o prefeito foi muito positiva e ele foi bem receptivo às ideias que vão além da infraestrutura para as ciclovias, mas também abrange campanhas educativas e legislação. Uma das primeiras ações solicitadas pelo prefeito é realizar um grande evento do Pedala-BH", falou Eveline.

 

Pedala BH

 

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTrans, criou o programa Pedala BH, com o objetivo de promover o uso da bicicleta na capital, criando facilidades para quem optar por esse meio de transporte, já que é um veículo de baixo custo de aquisição e de manutenção, não poluente, silencioso, flexível em seus deslocamentos e promotor da melhoria da saúde.
 

O programa Pedala BH prevê ainda a implantação de paraciclos e bicicletários, que são equipamentos para estacionamento de bicicletas, distribuídos pela cidade.

Últimas Notícias

Cadastro de ambulantes para o Carnaval começa dia 27/11

Segunda-feira, dia 27 de novembro, é a data de início do cadastro de ambulantes para o Carnaval de Belo Horizonte 2018. 

23/11/2017 | 18:35

Feira da Afonso Pena ganha uma hora a mais de funcionamento

A Feira de Artes e Artesanato da avenida Afonso Pena vai funcionar até o fim do ano com horário estendido, das 8h até as 15h. 

21/11/2017 | 18:23