Pular para o conteúdo principal

PBH realiza recuperação da galeria do Córrego Acaba Mundo

31/07/2017 | 19:34 | atualizado em 11/12/2018 | 19:32

Dia 17 de julho, a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) deu início a mais uma fase das obras de recuperação estrutural da galeria do Córrego Acaba Mundo. O novo trecho está situado na Avenida Nossa Senhora do Carmo, entre a Rua Uruguai até próximo a Avenida do Contorno, no bairro Carmo-Sion. O trabalho atualmente se concentra na pista dos veículos que descem em direção à Savassi. A obra visa garantir a estabilidade e a funcionalidade do sistema de drenagem pluvial e a integridade das vias ao longo dos córregos. A previsão de término é em outubro deste ano.

 

Os serviços vão recuperar as paredes, pisos e tetos da galeria do córrego que, com o passar dos anos, sofreram danos causados pelo constante fluxo de água, esgoto e gases no que interior da estrutura. Será feita a recuperação do concreto da parte dentro da galeria, retirando toda a camada danificada e recompondo a mesma com concreto de alto desempenho. Um dos principais agentes de degradação das galerias em geral é o lançamento de esgoto clandestino.

 

A galeria do Córrego Acaba Mundo possui ao todo 3,5 km de extensão, começando na Praça JK (na Avenida Bandeirantes) e indo até o Parque Municipal (na Avenida Afonso Pena). No momento, também está sendo executada uma obra no trecho que passa dentro do Parque Municipal. Esta fase foi iniciada no segundo semestre de 2016, com previsão de término para o final deste ano.

 

Em 2015, na primeira fase da obra, a Sudecap também realizou obras de recuperação da galeria no trecho que compreende a Praça JK até próximo a Rua Grão Mogol. À época, foram encontrados dentro da galeria 12 carrinhos de supermercados, bicicletas, bolas, colchões, além de lixo e entulho.

 

Fazer a manutenção e limpeza das galerias pluviais é uma ação rotineira da Sudecap e também ajuda no combate às inundações durante o período chuvoso. Por isso, é muito importante que a população contribua e colabore com o descarte correto do lixo. Toda a sujeira é levada pelas águas das chuvas e vai direto para as galerias de águas pluviais.

 

Ainda no segundo semestre deste ano, a Sudecap dará início a obras em outros três trechos: da Rua Tomé de Souza até a Rua Rio Grande do Norte; da Rua Rio Grande do Norte até a Avenida Afonso Pena; e, por fim, da Avenida Afonso Pena até o Parque Municipal. O valor total para a recuperação da galeria do Córrego Acaba Mundo é de R$ 4 milhões.
 

 

Intervenções no trânsito

 

A BHTrans, em função da obra de recuperação estrutural da galeria do Córrego Acaba Mundo, interditou parcialmente a pista marginal da Avenida Nossa Senhora do Carmo, entre as avenidas Uruguai e do Contorno, no sentido Bairro/Centro. A interdição é realizada, diariamente, das 7h às 18h. Agentes da BHTrans monitoram o trânsito na região e orientam os motoristas.
 

 

Outras ações

Nos últimos três anos, a Sudecap realizou obras semelhantes nas galerias dos córregos da Serra, região Centro-Sul; no córrego do Zoológico, na Avenida Pernambuco; no córrego Takono, regional Nordeste e, recentemente, no córrego dos Pintos, na Avenida Francisco Sá, Regional Oeste.